As temperaturas continuam altas, as férias por marcar, bem como os vales das companhias aéreas por gastar, já que a COVID-19 trocou as voltas a toda a gente. Já a vontade para viajar, essa está, como sempre, em níveis elevados, por isso se já viu (quase) tudo o que tinha para ver em Portugal, está na altura de passar para Tenerife — a maior das ilhas Canárias, que espera por novos turistas para preencher as ruas que por agora andam desertas.

As ilhas Canárias são um dos territórios europeus com as mais reduzidas taxas de casos positivos de COVID-19 e, embora tenha surgido um surto de 41 novos casos a 31 de agosto em Las Palmas, capital da Gran Canaria, e em Santa Cruz, Tenerife, de acordo com o "The Sun", continua a ser um destino seguro, uma vez que a Consejería de Turismo, Indústria e Comercio do governo de Canárias, desenvolveu um plano rigoroso para garantir a segurança sanitária nas ilhas e as autoridades locais lançaram também inúmeras medidas para garantir a segurança, higiene e qualidade do turismo.

Ibiza. O que fazer numa ilha com a vida noturna encerrada? Temos 5 sugestões
Ibiza. O que fazer numa ilha com a vida noturna encerrada? Temos 5 sugestões
Ver artigo

Antes de viajar para Espanha, terá de preencher um formulário de saúde pública para obter um código QR pessoal que terá de mostrar no controlo de segurança do aeroporto de origem. Passada esta etapa, quando chegar às ilhas Canárias ser-lhe-á medida a temperatura para afastar qualquer hipótese de COVID-19.

O que se segue após tudo isto? Desfrutar de umas férias com muita aventura, se assim pretender, ou apenas muito descanso e umas mãos suaves a fazer massagens com a natureza da ilha como banda sonora de fundo.

1. Centro histórico de La Orotava

olailhascanarias
créditos: olailhascanarias

E se lhe dissermos que na moderna ilha de Tenerife encontra um dos locais mais antigos da Canárias? Basta ir até ao norte da ilha e em La Orotava vai ter o contraste das praias com costas providas de restaurantes modernos que atraem turistas, com a cidade do século XVI, que mantém muito do património preservado, como é o caso dos jardins, tal como o Jardim Botânico com espécies vegetais de origem tropical, e da arquitetura.

Além do legado que foi ficando ao longo de vários séculos, a vista para o mar é algo inconfundível nesta região, que por momentos deixa para trás o estilo modesto e antigo para dar foco à vista de azul intenso e natural. Entre ver e passear, não se esqueça ainda de comer num dos restaurantes de La Orotava, como a La Zafra, com pratos como almôndegas de bacalhau (10,5€), ou o Restaurante y Tasca Tapias, com variadas tapas a partir de 4,90€.

A passagem pela antiga cidade de La Orotava é apenas o ponto de partida para o destino que se segue.

2. Parque Nacional do Teide

vulcão Teide
créditos: Pinterest

Prepare as pernas, a garrafa de água e suba até ao terceiro vulcão mais alto do mundo com 3.718 metros de altitude. O vulcão adormecido é uma das atrações do Parque Nacional do Teide, com quase quase 19 mil hectares, cuja caminhada para subir até ao ponto mais alto de Espanha, classificado como Património da Humanidade pela Unesco em 2007, compensa pela vista única a partir do topo.

Para chegar até ao cimo, não tem de subir todo o Monte Teide. Pode fazer a viagem no teleférico que vai até ao ao Miradouro de La Fortaleza e de Pico Viejo, ambos de livre acesso no bilhete e na vista panorâmica das encostas norte e sul de Tenerife, respetivamente.

O teleférico só vai até 3.555 metros de altitude, o que significa se quiser chegar ao topo do vulcão vai demorar cerca de 40 minutos a pé. No entanto, a vista a vários metros de altitude não é o único ponto alto, literalmente, desta experiência. Os rios e grutas, juntam-se ainda à simbiose de fauna e flora da qual fazem parte inúmeras de espécies únicas das Canárias e exclusivas do parque.

Para chegar até ao parque pode ir de comboio, a partir de Puerto de la Cruz ou da Costa Adeje, mas também de carro.

3. Praia de La Tejita

praia de la tejita
créditos: olailhascanarias

Fica de frente para uma antiga cratera vulcânica de cor avermelhada, a Montaña Roja, cuja água azul da praia contrasta com a areia avermelhada que torna esta uma das praias mais coloridas de Tenerife. É, por isso, uma praia que não serve só para ir a banhos, como também desfrutar da paisagem única junto à Reserva Natural Especial de Montaña Roja.

De Lagos a Alcoutim. 10 coisas para fazer no Algarve — e não, não é ir à praia
De Lagos a Alcoutim. 10 coisas para fazer no Algarve — e não, não é ir à praia
Ver artigo

Nesta praia tem ainda acesso a bares e restaurantes, espreguiçadeiras e guarda-sóis, aluguer de bangalós, e até há uma zona para fazer nudismo se não quiser ficar com as marcas do biquíni durante o inverno. Pode também praticar outras atividades radicais, que permitem contactar com a natureza, mas protegido por fatos e equipamentos.

É o caso do surf e windsurf, modalidades que aqui ganham destaque devido ao vento constante da praia selvagem.

4. Piscinas naturais

charco de la laja
créditos: webtenerife

O Charco de la Laja ou a piscina natural de Bajamar são sítios singulares para ir banhos. No caso da primeira, trata-se de um pequeno paraíso dentro de outro — Tenerife —, porque surgiu a partir das formas impressionantes da lava que se estabeleceu na costa de San Juan de la Rambla.

Se ficar por aqui algum tempo, não pode sair sem provar a gastronomia das canárias, com destaque para o pescado, como os caldos de peixe ou o guisado de agrião, mas também pratos de carne típicos como é caso das costelas de coelho.

Já por Bajamar, no concelho de San Cristóbal de La Laguna, a piscina natural tem bandeira azul, tal como a água cristalina onde se insere, e é ideal para toda a família pelo facto de ter uma piscina para adultos e outra para crianças.

5. Parque Rural de Anaga

Parque Rural de Anaga
créditos: olailhascanarias

Parque Rural de Anaga, com cerca de 14.500 hectares, está inserido numa reserva natural e cultural e é uma combinação de cheiros, biodiversidade, paisagens e sons que só aqui é possível sentir. Além da fauna e flora que se unem, os caminhos do parque também se cruzam com o mar, onde pode ir a mergulhos, através dos vales e desfiladeiros que descem esta Reserva da Biosfera.

Refúgio Saltus. A herdade com piscina e apenas dois bungallows e passadiços que faz lembrar Bali (mas fica em Guimarães)
Refúgio Saltus. A herdade com piscina e apenas dois bungallows e passadiços que faz lembrar Bali (mas fica em Guimarães)
Ver artigo

Sendo que as Canárias são conhecidas pelos vulcões, é inevitável que estes também estejam marcados no parque. As formações geológicas, como as antigas chaminés vulcânicas (roques) e as fissuras preenchidas com magma solidificado (diques), podem ser observadas e até tocadas.

Este lugar único de natureza estende-se pelos municípios de La Laguna, Santa Cruz de Tenerife e Tegueste, e para aqui chegar pode seguir de autocarro ou até de carro.

6. Observar

estrelas
créditos: webtenerife

Pode parecer redutor o titulo "observar", mas vai perceber que basta estar de olhos atentos para assistir àquilo que de melhor Tenerife tem para dar: natureza.

Quer a partir da Montaña Roja, dos Paradores Nacionais de Turismo, ou dos miradouros do Parque Nacional de Teide, pode ter uma experiência de cinco ou milhares estrelas, já que a observação destes corpos celestes é uma das principais atrações para quem passa férias em Tenerife.

Pode estender uma toalha e ficar à procura das constelações em cada um dos pontos que referimos ou percorrer uma rota completa que passa pelo Miradouro da minas de San José, Miradouro dos Azulejos, e termina no Parque de estacionamento do Museu Juan Évora. Para atingir os melhores pontos, pode seguir acompanhado de uma das empresas que organiza estas rotas. Há preços a partir de 30€.

De frente para o rio, mas com piscina infinita. Assim é este resort em Alcochete
De frente para o rio, mas com piscina infinita. Assim é este resort em Alcochete
Ver artigo

Depois de inspirado pelas estrelas, passe do céu para o mar onde a tão famosa observação das baleias em Tenerife tem lugar na costa sudoeste da ilha. Os passeios mais longos, que duram entre duas a três horas, até incluem comida a bordo e uma paragem para ir a mergulhos para o caso de as baleias estarem acanhadas — já que esta é uma experiência de hora e local de partida marcados, mas imprevisível pelo facto de depender da vontade dos animais marinhos.

Também neste caso, pode reservar a partida junto da um dos promotores de tours de Tenerife. Os preços começam nos 21.25€.

7. Casa do Vinho

La Casa del Vino
créditos: La Casa del Vino/Facebook

Há sítios improváveis que nunca pensou visitar numa ilha conhecida pelas praias. Mas nas horas em que o calor não convida a banhos de sol, pode visitar uma casa do século XVII dedicada aos vinhos, mas que também integra o Museu Insular da Vinha e do Vinho de Tenerife.

Sim, em Tenerife também se produz vinho e até pode ser degustado na visita à Casa del Vino La Baranda. Entre as opções servidas em copo alto há cinco variedades produzidas localmente, contudo, a casa do Vinho não se faz apenas de álcool.

Há também concertos, exposições, embora com menor frequência devido à COVID-19, bem como restaurante, tasca e até um antigo lagar.

8. Tratamento com algoterapia

algas
créditos: spalopia

Como já referimos, a fauna e flora das Canárias é muito rica. Só que esta preciosidade, além de ser uma mais valia para a inspiração que dela retiramos, também traz benefícios para o corpo. Pelo menos é o que promete o Hotel Bahía del Duque, em Tenerife, que oferece um tratamento à base de algas.

É que quando aplicadas no corpo, têm a capacidade de ajudar à regeneração celular, tonificar, limpar e amaciar a pele. O tratamento, denominado de Algas Detox, começa com uma máscara marinha revitalizante que cobre todo o corpo, e termina com a aplicação de um hidratante com efeito desintoxicante.

O tratamento de 1 hora custa 110€.

9. The Oriental SPA Garden

orientalspagarden
créditos: orientalspagarden

No Hotel Botânico, em Tenerife, há uma experiência que trata corpo e até da mente. Aqui há rituais polinésios, orientais, mas também um adaptado ao local onde se encontra: nas ilhas Canárias.

O Canary Ritual, como lhe chamam, é um tratamento de assinatura que envolve sal marinho, limão e aloé vera — cuja textura toma forma numa esfoliação corporal — aos quais se seguem uma massagem holística com pedras vulcânicas para activar a circulação sanguínea e, ponto importante: limpar a mente após sentir a tranquilidade que esta massagem transmite.

Cada tratamento, de 80 minutos, tem um custo de 140€.

10. Queijaria Montesdeoca

quesosmontesdeoca
créditos: quesosmontesdeoca

Depois de dar uns mergulhos na praia e nas piscinas naturais ou de esgotar todas as atrações até agora sugeridas, ainda pode seguir para uma experiência irreverente: acompanhar a produção de queijos artesanais e lacticínios da fábrica Montesdeoca, bem como os cuidados da alimentação com os animais, em especial as cabras, até à desgustação dos produtos.

Roteiro do Oeste. De Peniche à Ericeira dizemos onde dormir, o que comer e o que não falta para fazer
Roteiro do Oeste. De Peniche à Ericeira dizemos onde dormir, o que comer e o que não falta para fazer
Ver artigo

Entre este segmento resumido, não podia faltar a ordenha do gado à qual os visitantes podem assistir. No fundo, a atividade inclui uma visita guiada às instalações — desde a fazenda, local de produção de laticínios, até à sala de degustação — e possibilidade de comprar os produtos que acabou de ver serem feitos e embalados.

Daqui pode levar um dos queijos mais premiados de Tenerife, que recebeu o World Cheese Awards durante 9 anos consecutivos. Trata-se do queijo curado de cabra e vaca, coberto de gofio (uma farinha obtida da cevada torrada).

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.