Maria João Abreu, que estava internada no Hospital Garcia de Orta, Almada, desde 30 de abril devido a um aneurisma cerebral, morreu esta quinta-feira, 13 de maio. A atriz permanecia em coma induzido com prognóstico reservado. Apesar de ter sido submetida a cirurgias numa tentativa de recuperação, a intérprete não resistiu, avança o site "Holofote".

A atriz esteve internada durante 13 dias, depois de se ter sentido mal nos estúdios da SP Televisão, onde é gravada a novela "A Serra", da SIC. A intérprete terá desmaiado e acabou por ser transportada para o Hospital Amadora-Sintra.

Dado o estado em que se encontrava, teve de ser transferida para o Hospital Garcia de Orta, em Almada, onde foi submetida a duas operações para estancar a hemorragia.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.