Não é nenhuma novidade que a escassez de comida no reality show da TVI tem vindo a ser um dos maiores problemas na casa do "Big Brother — A Tempestade". Após serem confrontados com imagens que demonstram esse problema na quarta-feira, 28 de setembro, uma nova discussão começou.

“Muitas dessas discussões são a brincar. Continuamos todos sem passar fome”, começou por afirmar o concorrente de Faro, Miguel Vicente. Porém, e após esta afirmação,  Joana Schreyer interveio, dizendo que “o assunto da comida foi um assunto desde o primeiro dia".

"Temos de ter atenção às quantidades que comemos, àquilo que andamos a comer. Ando a sair das refeições com fome. Todos nós temos de pensar nos outros também", aconselhou a concorrente do Seixal.

Em contraponto, Rúben Boa Nova definiu a verdadeira origem do problema de falta de comida. "O problema é que a comida é mesmo pouca. Estamos a falar de 10 bifes para 16 pessoas. Ainda hoje, não comi mais porque não havia", revelou o concorrente.

Já se sabe quem é o novo concorrente do "Big Brother" — e é familiar de alguém que já está na casa
Já se sabe quem é o novo concorrente do "Big Brother" — e é familiar de alguém que já está na casa
Ver artigo

Já Mafalda Diamond afirmou que tinha previsto esta situação. "Eu fui a primeira a falar na comida. Na primeira semana em que fui líder, avisei que isto ia acontecer e aconteceu. Não quis desvalorizar o trabalho do Rúben da Cruz e da Tatiana [são os concorrentes que cozinham]. Só quis mostrar que existem outras formas de tentar disfarçar a falta de comida. O que levou a este problema foi cada um pensar no seu próprio umbigo quando vai comer", afirmou a concorrente do Porto.

Por fim, Tatiana Boa Nova acrescentou: "Em relação a pequenos-almoços ou lanches, acho que o grupo podia ter sido mais contido". "Em almoços e jantares, as refeições foram desde o início contadas. Com uma penalização de um corte de metade do orçamento, tenho feito um esforço de rentabilizar a comida. Aqui as refeições não vão agradar a toda a gente", concluiu a concorrente.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.