Vamos a factos: por muito que as piscinas infinitas sejam incríveis, captar o ângulo que se pretende — para parecer que o fim da piscina cruza na perfeição com a linha do horizonte — é uma tarefa árdua. Por isso, vamos facilitar as coisas: e se pudesse mergulhar logo de cabeça numa piscina, sem ligar a fotos mas sim ao ambiente rural que envolve a Casa da Benfeitoria em Tabuadelo, Guimarães?

Esta é a sugestão dos proprietários, Sílvio Lopes, 35 anos, e Sílvio Dario, 50 anos, que mudaram esta casa com décadas de história a partir da vontade de ambos em mudar de vida e passar a viver de forma mais simples e ligada à natureza.

"Vivíamos numa grande cidade, Madrid. Sentimos-nos aprisionados na vida caótica da cidade e decidimos que precisávamos de uma vida mais tranquila. Como eu sou de Guimarães, na altura procurámos um sítio para a nossa ideia e surgiu então aqui o Tabuadelo", conta à MAGG Sílvio Lopes.

Sobre a casa, com registos datados de 1944, sabe-se que pertenceu "a uma quinta histórica que, devido a heranças e divisões familiares, foi-se degradando", revela Sílvio Lopes, acrescentando que quando ele e o parceiro a compraram estava "em ruínas".

Refúgio Saltus. A herdade com piscina e apenas dois bungallows e passadiços que faz lembrar Bali (mas fica em Guimarães)
Refúgio Saltus. A herdade com piscina e apenas dois bungallows e passadiços que faz lembrar Bali (mas fica em Guimarães)
Ver artigo

Apesar do estado, a casa foi a indicada para o sonho que tinham — dedicarem-se ao turismo num sitio pacato depois de vários anos em Madrid a trabalhar num Spa urbano — e decidiram manter "o estilo rústico e campestre original", embora com alguns toques modernos.

Basta ver as fotografias deste espaço para o comprovar: a fauna e flora unem-se em volta da casa a cinco minutos do centro de Guimarães e contrastam com a piscina que se preza nos dias de hoje em qualquer alojamento, principalmente agora que queremos aproveitar os últimos dias de calor. Esta é feita em granito, e embora não seja uma estrutura original da casa, não lhe faltam raízes.

"Neste espaço, unicamente o que é antigo é a casa. O resto foi tudo reabilitado, mas quisemos sempre que se aproximasse ao antigo: uma coisa nova que parecesse velha. Então fomos buscar referências da nossa infância, nomeadamente quando éramos miúdos e íamos tomar banho para alvercas [tanques] para recoleção de água e regadio e daí nasceu a ideia da piscina em granito", conta Sílvio.

Casa da Benfeitoria
créditos: airbnb

Onde usufruir da calmaria em redor das casas da Casa da Benfeitoria

Aqui não há nada que o perturbe, a não ser os miúdos que mal batem as 7 horas da manhã, já estão a pedir para ir para a piscina (é legítimo) ou cereais para o pequeno-almoço. A primeira refeição poderá ser preparada pelos hóspedes dentro do próprio apartamento com cozinha equipada, uma vez que a Casa da Benfeitoria não funciona como um hotel onde cada um tem o seu quarto — aqui é à grande e à portuguesa.

Existem três apartamentos, o Nascente, Poente e Stone House, cada um com características que se adaptam ao que cada visitante procura. A Nascente tem uma cama queen size e vista para a piscina. Já a Poente, com vista para a zona rural de Tabuadelo, junta à cama queen size um sofá cama de solteiro para que possa caber mais um hóspede. Em ambos os apartamentos pode pedir um berço, cadeira alta e banheira para bebé caso necessite.

Casa da Benfeitoria

Localização: Rua da Liberdade,583, 4835-452 Tabuadelo / Guimarães
E-mail: info@casadabenfeitoria.com
Contacto: 936 604 446
Plataformas para reserva: Site, Booking, Airbnb

Há ainda a Stone House com vista para o jardim, uma casa em pedra no rés-do-chão com capacidade para dois hóspedes desfrutarem deste ambiente rústico com comodidades da vida moderna.

"As casas têm entradas independentes e cada uma delas tem um jardim pequeno privado onde podem contar com uma churrasqueira, ou máquina de lavar. A única coisa partilhada é o espaço comum da piscina, e o jardim grande onde alguns hóspedes aproveitam para fazer ioga, tomar banhos de sol, ou relaxar", explica Sílvio Lopes.

Antes de fazer o check-out depois de uma experiência única nestas casas rústicas, ainda leva um "miminho" da horta localizada mesmo na Casa da Benfeitoria. "Nós temos uma pequena horta biológica e evidentemente as hortaliças têm muito mais sabor. Assim como temos umas quantas galinhas que põem ovos e por vezes damos os ovos e os hóspedes ficam todos contentes", refere o proprietário, acrescentando que esse "miminho", como chama, este é "mais complicado" partilhar devido à COVID-19.

Sinal do contentamento dos hóspedes sobre este miminho caseiro são os inúmeros comentários na plataforma Booking e Aibnb. "Anfitrião muito generoso a dar-nos legumes e fruta do seu jardim", diz uma hóspede, e outro, que esteve na Casa da Benfeitoria em agosto, reforça que "a piscina está localizada no meio do mais belo jardim com muitos vegetais e frutas — Sílvio até nos entregou uma tigela de tomates frescos".

Uma noite para duas pessoas num dos apartamentos é a partir de 65€ por noite, em setembro. Pode reservar através da plataforma Booking.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.