Uma colisão entre dois carros por volta das 18 horas deste sábado, 10 de outubro, na EN365, na Golegã, distrito de Santarém, levou à morte de um homem de 78 anos, condutor de uma das viaturas, e à detenção de um agente da Polícia de Segurança Pública (PSP), que não estava em serviço, e seguia noutro carro.

No local, a Guarda Nacional Republicana pediu ao agente da PSP que fizesse o teste de álcool, mas o mesmo recusou-se a ser testado, incorrendo num crime de desobediência. O agente recusou ainda a ser transportado para o hospital, ficando com ferimentos ligeiros.

A PSP revelou, em comunicado, que já foi instaurado um processo disciplinar e foi decretado "no imediato, a aplicação da medida cautelar de suspensão preventiva de funções", cita o "Correio da Manhã".

Homem vive debaixo de viaduto no Porto há três anos. Marcelo foi conhecê-lo
Homem vive debaixo de viaduto no Porto há três anos. Marcelo foi conhecê-lo
Ver artigo

"A PSP lamenta o sucedido, manifesta os sentidos pêsames por mais uma morte na estrada e apresenta publicamente as suas condolências aos familiares e amigos da vítima", termina o comunicado.

As causas do acidente ainda não foram apuradas, mas no local as autoridades procederam à recolha do máximo de elementos possíveis para a investigação. Sabe-se ainda que a estrada onde ocorreu o acidente liga vários campos agrícolas e apresenta boas condições de visibilidade.

Uma fonte do Comando territorial de Santarém da GNR disse à agência Lusa, citada pelo "Sapo 24", que ao início da noite do acidente estiveram no local quatro viaturas e 11 operacionais dos Bombeiros Voluntários do Entroncamento e de Pernes, bem como da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Santarém.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.