Portugal regista já 40.104 infetados e 1.543 mortos pelo novo coronavírus. São estes os novos dados avançados pela Direção-Geral da Saúde (DGS) no boletim epidemiológico deste quarta-feira, 24 de junho. Estes números representam um aumento de 367infetados, enquanto as vítimas mortais registadas são de mais três do que ontem.

O número de doentes internados é de 429, sendo que na Unidade de Cuidados Intensivos estão agora 73 pessoas. Em vigilância estão 30.935 contactos.

Esta quarta-feira, o Presidente da República, o primeiro-ministro e os líderes partidários voltaram a reunir-se com especialistas para avaliar o estado da COVID-19 na Área Metropolitana de Lisboa. Esta é, segundo a "TSF", a nona reunião técnica realizada no Infamed - Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, em Lisboa.

COVID-19. Cafés e lojas de Lisboa passam a fechar às 20 horas
COVID-19. Cafés e lojas de Lisboa passam a fechar às 20 horas
Ver artigo

Sobre o aumento de casos nesta região, Marcelo Rebelo de Sousa explica que "a subida é porque há dados novos ou há um conhecimento novo de dados antigos.

No Porto e em Braga, o balanço da noite de São João, cujos festejos foram proibidos devido à COVID-19, foi positivo, com menos pessoas na rua do que aquilo que se imaginava.

No Algarve, a Administração Regional de Saúde do Algarve vai contratar 42 enfermeiros para os centros de saúde do Barlavento, Central e Sotavento, com o objetivo de reforçar os cuidados de saúde durante o verão. De acordo com a "TSF", os enfermeiros podem candidatar-se até ao dia 29 de junho, através da página da Administração Regional de Saúde do Algarve.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.