Aconteceu em Génova, na Itália. Um cabeleireiro tinha imenso movimento, e as autoridades começaram a desconfiar, principalmente pelo facto de vários carecas o frequentarem (já que, à partida, não estarão lá para usufruir dos serviços). As suspeitas estavam certas.

Afinal, este cabeleireiro estava a funcionar como uma rede de tráfico de droga. O dono, de 55 anos, foi detido pela polícia, que ainda conseguiu apreender 100 gramas de cocaína, quatro balanças de precisão e materiais para acondicionar a droga, assim como relata o "Correio da Manhã".

Estão a ser planeadas buscas pela grávida da Murtosa nas redes sociais. Mónica Silva desapareceu há 2 meses
Estão a ser planeadas buscas pela grávida da Murtosa nas redes sociais. Mónica Silva desapareceu há 2 meses
Ver artigo

"As autoridades notaram um estranho 'entra e sai' no estabelecimento, inclusive de pessoas carecas, que provavelmente não necessitavam de um corte de cabelo", mencionou o Comando Provincial de Génova em comunicado, citado pelo mesmo jornal.

Alguns clientes só iam ao cabeleireiro para comprar droga. A polícia percebeu que algo não estava certo e iniciou a investigação, que acabou por se revelar bem sucedida, já que conseguiram terminar com a passagem de droga por este local, à partida, inocente.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.