Este ano não há concertos, discursos para plateias ao vivo nem o conhecido desfile pela Avenida da Liberdade que marca os festejos do Dia da Liberdade. Mas não é por Portugal estar em casa que vai deixar de assinalar uma das datas mais emblemáticas da sua história recente.

Este ano, e tendo em conta as restrições provocadas pela pandemia, a Associação 25 de Abril pede para que todos se unam na tarde de dia 25 de Abril. A ideia é que cada um vá à janela às 15 horas para que, em coro, se cante a música "Grândola Vila Morena".

Histórias passadas antes do 25 de Abril que davam argumentos de Hollywood
Histórias passadas antes do 25 de Abril que davam argumentos de Hollywood
Ver artigo

A associação pede para que as rádios e as televisões passem a música à hora marcada, seguida do Hino Nacional. Apela ainda a que todos suspendam os seus trabalhos — com excepção dos que não possam mesmo fazê-o, como é o caso do profissionais de saúde, - e dediquem alguns minutos a esse momento. "Aos que estiverem em casa, provavelmente a maioria, que venham às janelas ou às varandas e cantem a “Grândola, Vila Morena” e o Hino Nacional", escrevem no seu site.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.