Depois de terem atingido Portugal Continental em março, maio e junho, as poeiras vindas do norte de África voltam a assolar o País e a preocupar quem pertence a grupos de risco ou tem doenças respiratórias.

De acordo com as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), esta quarta-feira, 5 de outubro, os termómetros vão voltar a subir, havendo regiões do País que vão registar máximas acima dos 30ºC  (Castelo Branco, Lisboa, Setúbal, Santarém, Portalegre, Évora e Beja).

DGS alerta: poeiras do Saara têm "efeitos na saúde humana". Conheça as recomendações
DGS alerta: poeiras do Saara têm "efeitos na saúde humana". Conheça as recomendações
Ver artigo

Beja será o distrito mais quente do País, com previsão de 34º C de máxima. Na quinta-feira, há uma ligeira descida de temperaturas e, para o final da semana, voltam as nuvens e também há a possibilidade de ocorrência de aguaceiros e trovoada no interior Norte e Centro durante a tarde de sexta-feira, 7 de outubro.

Até quarta-feira, 12 de outubro, o IPMA estima que as temperaturas se vão manter acima do normal para esta altura do ano: máximas de 28ºC para Lisboa, 21ºC para o Porto, 28ºC para Faro e 30ºC para Castelo Branco.

Cuidados a ter com as poeiras do Norte de África

A Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica alerta que a população que pertence a grupos de risco deve tomar medidas para minimizar o desconforto provocado por estas poeiras:

  • Evite passar muito tempo no exterior e, sobretudo, não pratique exercício físico ao ar livre;
  • Mantenha as janelas fechadas, evitando a entrada de poeiras em casa;
  • Na rua, use máscara, de preferência, do tipo FPP-2 para proteger o nariz e a boca;
  • Se tem desconforto ocular e/ou nasal, aumente a regularidade da limpeza dos olhos e/ou nariz com soro fisiológico;
  • Caso sinta um agravamento muito intenso dos sintomas, fale com o seu médico;

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.