Brandi Mallory, ex-concorrente da quarta temporada do reality show “Extreme Weight Loss”, em 2014, morreu a 9 de novembro, aos 40 anos. Foi encontrada morta no carro, no estacionamento de um centro comercial de Atlanta, nos Estados Unidos. As causas da morte foram complicações causadas pela obesidade, de acordo com o relatório da autópsia concluída no Examinador Médico do Condado de Fulton, na Geórgia.

Sara Carreira morreu há 3 anos. Gala dos Sonhos volta a homenagear a jovem cantora
Sara Carreira morreu há 3 anos. Gala dos Sonhos volta a homenagear a jovem cantora
Ver artigo

O documento indica que a morte foi “natural” e a autópsia não encontrou “nenhuma evidência de lesão recente significativa”. Além disso, a investigação não encontrou nenhum sinal de crime, segundo o relatório, mas este refere que havia vestígios de droga e álcool no organismo. Contudo, não contribuíram para a sua morte, de acordo com o médico legista, revela o "TMZ".

Brandi Mallory foi vista pela última vez a 8 de novembro em imagens de vigilância, enquanto conduzia para um Chipotle local por volta das 17h53, segundo o Departamento da Polícia de Atlanta. A ex-concorrente do reality show “Extreme Weight Loss” entrou no restaurante, voltou para o carro com a comida e nunca mais saiu do veículo.

O proprietário de uma loja disse à polícia que reparou num veículo solitário no estacionamento na manhã seguinte e que parecia estar uma mulher a dormir lá dentro. O homem ficou preocupado e ligou para o 112 algumas horas depois, quando percebeu que o carro ainda estava no mesmo local e que a mulher “não parecia alerta, consciente ou a respirar”, conforme escreve a "People".

Chris Powell, ex-treinador e apresentador do “Extreme Weight Loss”, disse que Brandi Mallory era “uma luz brilhante para todos ao seu redor”, refletindo sobre como ambos se aproximaram durante o programa. Para o homem, “dava para sentir o quão livre ela era” e o quanto Brandi inspirou outras pessoas antes de morrer, sendo que esta era instrutora de dança que promovia a positividade corporal nas redes sociais.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.