Quem segue o cantor Justin Bieber desde a sua adolescência, sabe que o caminho do artista não tem sido fácil. Em 10 anos, o cantor tem somado polémicas a nível pessoal e profissional e só agora parece ter assentado, depois de um casamento relâmpago com a modelo Hailey Baldwin.

E foi precisamente sobre estes anos conturbados que Justin Bieber falou esta semana, durante a apresentação do seu quarto álbum em Los Angeles. Durante o discurso emocionado que fez perante uma legião de fãs, agradeceu ao seu manager, Scooter Braun, à mulher e a Deus.

“Nem sequer acho que devesse estar vivo”, disse emocionado o cantor, segundo a “Variety”. Esta foi a altura em que relembrou como foi crescer no centro de polémicas e escrutínio por parte da comunicação social. Bieber explicou sentir-se “magoado com a indústria” e com “as pessoas” que aqui trabalham.

O que é que se passa com Taylor Swift e Justin Bieber?
O que é que se passa com Taylor Swift e Justin Bieber?
Ver artigo

“Tu caminhaste comigo nos momentos mais difíceis”, disse o cantor dirigindo-se a Scooter Braun. A Deus agradeceu por o ajudar a ultrapassar os momentos mais negros da vida. “Existe poder na fraqueza”, disse com a voz trémula acrescentando que o seu trabalho é “uma reflexão” disso mesmo. “Obrigada por me amares no meu pior”, disse.

Sobre Hailey, Justin Bieber desmanchou-se em elogios. “Amo-te com todo o meu coração. E estou tão orgulhoso de nós”, continuou.

Newsletter

A MAGG é uma magazine para mulheres MAGGníficas. A MAGG faz um apanhado das mais estranhas que encontrámos nos sites das lojas.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma magazine para mulheres MAGGníficas. A MAGG faz um apanhado das mais estranhas que encontrámos nos sites das lojas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.