Lenka da Silva, de 46 anos, é assistente de Fernando Mendes no programa "O Preço Certo" há mais de 17 anos. Esta quarta-feira, 30 de junho, viu o seu nome nas tendências do Twitter após a jornalista Fernanda Câncio criticar um dos vestidos que usou no programa da estação pública.

De Vanessa Alfaro a Fernando Mendes. Estes são os famosos que perderam mais de 20 quilos
De Vanessa Alfaro a Fernando Mendes. Estes são os famosos que perderam mais de 20 quilos
Ver artigo

"É espantoso como é que a TV pública continua a usar mulheres como adereços desta forma repugnante", começa por escrever Fernanda Câncio na conhecida rede social, mostrando também uma imagem da assistente do programa com um vestido justo e no qual se evidencia as suas curvas e peito. "Não há obrigações de cumprir os mínimos em termos de respeito pelos princípios constitucionais e pelos planos para a igualdade?", acrescenta.

fernanda cancio

A jornalista alimentou ainda mais a polémica num outro tweet: "De facto, onde é que está o problema de pôr duas jarras a enfeitar de cada lado do apresentador. Há pessoas que vêem estereótipos de género em tudo, caramba. Agora, é tudo sexismo, tudo sexismo. Invejosas".

Face à polémica, a MAGG contactou a assistente de Fernando Mendes para saber o que pensa a propósito das críticas que recebeu da jornalista. "Não posso concordar com isso! Há poucas mulheres a criticar. Mas outras, pelo contrário, até elogiam", diz.

Questionada ainda sobre se esperava que aquele vestido fosse alvo de polémica, Lenka explica que tem que ver com a opinião de cada um. "Depende do que cada um pensa. Eu vesti um vestido igual ao da minha colega", frisa.

No programa "O Preço Certo", bem como noutros formatos da estação pública, a escolha do vestuário fica a cargo da equipa de guarda-roupa, mas a assistente garante que tem possibilidade de escolha. "O nosso guarda-roupa é que escolhe, mas claro que só vestimos se acharmos que nos fica bem. Como sabem, fazemos três programas por dia", remata Lenka.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.