A Padaria Portuguesa está mais do que preparada para a época festiva. Além de disponibilizarem os grandes clássicos natalícios que os avós nunca deixam faltar na mesa, têm novidades que vão agradar a todas as gerações — sim, até aos miúdos mais esquisitos.

Se prefere jogar pelo seguro, tem sempre o bolo-rei (15,95€), o bolo-rainha (17,95€ ou 19,95€ com fios de ovos), os sonhos (1,50€ cada), as rabanadas (2€ cada), as azevias (1,50€ cada), as broas castelares (4€ por embalagem) e a torta de laranja (15,95€). Já a lampreia (24,95€) e o pão de ló (15,95€) só estão disponíveis nos dias 23 e 24 de dezembro.

Não sabe o que oferecer no Natal? Opte por um clássico. 30 chocolates para os mais gulosos
Não sabe o que oferecer no Natal? Opte por um clássico. 30 chocolates para os mais gulosos
Ver artigo

O Chocolatíssimo (19,95€) também está de volta, mas, se não apreciar chocolate (o que devia ser proibido) e for mais de queijo, pode optar pela tarte de queijo (19,95€) ou pelo cheesecake de framboesa (19,95€). Qualquer um destes bolos vai decorar a mesa de Natal como se de um bibelô se tratasse (mas um comestível).

Pode encomendá-los, ir buscá-los a uma das 59 lojas da marca ou comer por lá, se não conseguir resistir. Para as festas, A Padaria Portuguesa tem também uma seleção de produtos gourmet, que também servem para presentear, como bolachas de gengibre e canela (6,95€ cada embalagem) ou mel de Barroso DOP (12€ cada embalagem).

Para aquele amigo que gosta tanto de chocolate como de vinho, uma caixa de chocolates Vinte Vinte com garrafas de vinho do Porto (29€ cada embalagem) é a melhor prenda, mas as trufas de chocolate Vinte Vinte (15€ cada embalagem) também não ficam atrás.

A Padaria Portuguesa
créditos: DR

Com a quadra natalícia, A Padaria Portuguesa traz de volta, pelo quarto ano consecutivo, uma ação solidária de recolha de brinquedos, com a qual pretendem oferecer jogos, bonecas, puzzles e muito mais às crianças das famílias apoiadas pela Refood, com quem formaram uma parceria.

Todos podem entregar brinquedos usados em perfeito estado ou novos e devidamente embrulhados em qualquer uma das lojas até dia 27 de dezembro — porque há várias formas de tornar o Natal de alguém doce.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.