Nuno Markl já tem o argumento para a adaptação cinematográfica de "O Homem que Mordeu o Cão". O humorista e locutor de rádio revelou, num evento da NOS realizado na quinta-feira, 8 de fevereiro, que o projeto já começou a ser preparado. O filme irá retratar "sete das histórias mais cinematograficamente potentes" da rubrica, adiantou Markl, citado pela "Marketeer".

Pedro Nuno Santos é o que mais deve e Luís Montenegro o que mais poupa. Afinal, quanto dinheiro têm os políticos?
Pedro Nuno Santos é o que mais deve e Luís Montenegro o que mais poupa. Afinal, quanto dinheiro têm os políticos?
Ver artigo

Depois do evento, Nuno Markl revelou mais detalhes através das suas redes sociais. “Sim, malta. Este argumento existe. Está escrito, tem 111 páginas, deu muito trabalho, mas creio que consegui resolver o problema de como transformar uma rubrica radiofónica de histórias bizarras num filme-antologia de histórias bizarras”, começou por dizer. A rubrica do humorista, presença diária nas "Manhãs da Comercial", é composta por várias histórias com assuntos considerados diferentes e até um pouco atípicos, desde conversas sobre que comida levar para o duche até assuntos como “tecnologia e puns”.

O filme será uma espécie de “puzzle, um pequeno universo onde várias personagens se cruzam e histórias baseadas em factos reais acontecem”, como se lê na publicação. De acordo com a “Marketeer”, Nuno Markl juntou sete histórias que achou “mais cinematograficamente potentes” da rubrica e criou “um argumento em que a equipa das 'Manhãs da Comercial' está na rádio a fazer uma edição” enquanto o humorista está “a contar histórias”.

No entanto, a meio da história contada, o grupo entra no próprio universo da história, que entretanto já está a ser interpretada por vários atores.  “Se eu conseguir reunir o elenco todo que tenho planeado vai ser o melhor elenco de sempre!”, disse Nuno Markl, citado pelo meio de comunicação. Apesar de não adiantar mais pormenores, o humorista já começou com os preparativos. "Neste momento a locomotiva ainda está na estação, mas já começa a trabalhar, já há gente envolvida", escreveu na publicação.

“O Homem que Mordeu o Cão” ficou em nono lugar da lista dos podcasts mais ouvidos em Portugal no ano de 2023, segundo os dados fornecidos pelo Spotify. Esta rubrica nasceu em outubro de 1997 na mesma casa onde está hoje, com os comentários de Nuno Markl e Pedro Ribeiro, e foi um sucesso tão grande que deu origem a cinco livros, um programa de televisão na TVI e a vários espetáculos. Em 2004 chegou ao fim, depois da saída de Markl e Ribeiro para outras rádios mas, em 2013, já com os animadores de volta à antena da comercial, a rubrica regressou. 

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.