Um ardor frequente, um desconforto extra quando usa calças justas e uma comichão pontual. Estes são alguns dos sintomas que lhe podem mostrar que pode não estar a fazer uma correta higiene íntima vaginal. Movimentos de limpeza incorretos, lavagens excessivas e, o mais grave, uso de produtos que prejudicam e destroem a flora vaginal. 

Por mais que se fale abertamente, que se partilhe conteúdo online e que se desmistifique o tema, a higiene íntima feminina parece continuar a ser um tabu. Uns olhares de desconforto, alguma vergonha disfarçada com risos e o elefante fica mais uma vez no meio da sala. 

Mas a Lactacyd, com mais de 60 anos de história e especialista na higiene íntima diária, quer pôr fim a este tabu e a todas as ideias pré-concebidas que prejudicam a saúde íntima de tantas mulheres. Como? Reunindo todos estes hábitos, desmistificando-os e explicando, ponto por ponto, porque é que podem ser prejudiciais. 

Mostramos-lhe alguns dos mitos associados ao tema da higiene íntima.

Posso lavar a zona íntima com gel de banho?

Errado. A zona íntima tem um pH baixo (entre os 3,8 e os 4,5) que mantém o equilíbrio da microflora vaginal e que nos protege das infeções vaginais. Uma diminuição desta acidez natural leva à redução das bactérias benéficas, permitindo o aparecimento de bactérias prejudiciais que provocam infeções como a candidíase e a vaginose bacteriana. 

Ora, para que este pH se mantenha equilibrado, um dos passos mais importantes é o uso de produtos que o respeitem. Com pH mais alcalino, o gel de banho ou sabonete podem afetar o equilíbrio da flora vaginal, provocando o aparecimento de infeções. 

A solução deve passar por encontrar produtos formulados especialmente para a higiene íntima diária, como o Lactacyd Precious Oil, para dar um toque extra de suavidade, ou o Lactacyd Pharma Prebióticos, pensado para fortalecer a microflora natural.

A higiene da zona íntima feminina e masculina requer os mesmos cuidados? 

Não. A flora da pele do pénis é naturalmente diferente da flora da mucosa da vagina e por isso há que adaptar os cuidados. Tanto na higiene íntima feminina como na higiene íntima masculina é importante que se apliquem cuidados específicos.

Na higiene íntima do homem, deve prestar atenção aos movimentos de limpeza, à secagem correta e aos produtos utilizados. Neste caso, deverá dar preferência a produtos sem perfume, sem cor e com um pH neutro ou baixo. 

Já na mulher, deverá primar pelos produtos com pH ácido para manter equilibrado o pH baixo (entre os 3,8 e os 4,5) da vagina. O Lactacyd Gel para a Higiene Íntima Diária mantém o pH natural e ajuda a prevenir problemas e irritações.

A higienização deve ser feita apenas durante a menstruação? 

Não. A higienização, tal como é feita ao resto do corpo, deve ser uma atividade diária – nunca excedendo um máximo de duas vezes. Durante a menstruação poderão ocorrer alterações no pH vaginal e poderá sentir algum desconforto. O Lactacyd Íntimo é indicado para a higiene íntima diária, incluindo durante a menstruação e após ter relações sexuais.

Se se tornar persistente, opte por consultar um especialista e perceber se deve tomar medidas extra.

Há uma idade certa para se começar a ter cuidados com a higiene íntima?

O desconforto, o ardor ou a comichão são sintomas que podem surgir desde criança. Por isso mesmo, os cuidados devem começar nesta fase. O Lactacyd Girl, pensado para crianças dos 3 anos até à idade da menstruação, apresenta uma fórmula extra suave, sem sabão, sem álcool, sem parabenos e com pH adequado ao pH infantil.

Com extrato de pêssego e Aloé vera, ajuda a acalmar e a hidratar esta zona.

O desconforto na zona íntima é uma sensação normal?

O uso de calças muito justas ou, por exemplo, o uso de cuecas com materiais que irritam a pele, pode deixá-la mais desconfortável e com alguma comichão. Mas este não deve ser o cenário diário, até porque muitas vezes reflete algum desequilíbrio da flora vaginal e o início de uma infeção. 

Se estiver com uma infeção deverá procurar um profissional de saúde para a aconselhar. Poderá também inserir na sua rotina de higiene diária o Lactacyd Suavizante para ajudar a acalmar e aliviar a dor. 

Se o desconforto permanecer, consulte um especialista.

Dormir com ou sem roupa interior? E se me sentir desconfortável sem roupa interior, que materiais devo usar? 

As cuecas, sobretudo as de renda, podem ser uma das formas de irritar a pele e de criar um ambiente propício à reprodução de bactérias. Muitos especialistas aconselham a que durma sem roupa interior para que esta zona possa respirar durante a noite.

Se fizer questão de dormir com roupa interior, dê preferência a cuecas de algodão e deixe as peças sintéticas de lado.

Se mesmo assim sentir que tem a pele sensível ou irritável, poderá utilizar um cuidado íntimo mais específico e suave como o Lactacyd Pharma Sensitive. 

Será que sabe tudo sobre higiene íntima?

Acha que já sabe tudo sobre higiene íntima feminina? Temos um desafio para si. Preparámos seis questões sobre a forma como deve cuidar da zona íntima e os produtos indicados para cada fase da vida. 

Se for uma das primeiras cinco pessoas a responder corretamente a todas as questões, receberá uma unidade do Lactacyd Precious Oil, um cuidado formulado para extra suavidade e uma pele acetinada.

Vamos a isto? Boa sorte!

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.