Este ano, vamos ter mais saldos em Portugal. Depois de centenas de lojas terem sido obrigadas a fechar portas nas últimas semanas, o governo português aprovou, esta quinta-feira, 7 de maio, o decreto-lei que estabelece um regime excecional e provisório para a realização destes períodos de reduções.

Na prática, tal significa que os próximos saldos, que se iniciam geralmente no final de maio e se estendem até ao fim de junho, não vão contar para os 124 dias anuais em que é permitido aos estabelecimentos comerciais praticarem preços mais baixos em regime de saldos.

Vestido que Kate Middleton usou no "The Morning" e que fez furor estava em saldos e custou 169€
Vestido que Kate Middleton usou no "The Morning" e que fez furor estava em saldos e custou 169€
Ver artigo

“Esta medida permite aos estabelecimentos comerciais que tiveram de ser encerrados ou cuja atividade foi suspensa, no âmbito de uma estratégia de contenção do convívio e das interações sociais, escoar os seus produtos e dinamizar a respetiva atividade económica”, explica o comunicado do Conselho de Ministros, tal como escreve o "Jornal Económico".

A iniciativa surge como uma forma das empresas conseguirem escoar stock, dado que as vendas foram fortemente afetadas no período em que o estado de emergência esteve vigente em Portugal. Atualmente, lojas com acesso pela rua e até 200 metros quadrados já têm autorização para abrir, com o dia 18 a marcar a abertura de outros espaços maiores.

No entanto, e apesar de os saldos ainda não terem começado, muitas lojas já exibem reduções de preços, nomeadamente as que ainda se mantêm apenas a funcionar online.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.