Estamos a pouco mais de um mês do Réveillon, uma noite em que ter o look perfeito é quase sinónimo de entrar no novo ano com o pé direito. Se já está à procura de um visual para a noite mais aguardada do ano, a Bavan Studio pode ter a resposta às suas preces com as peças da coleção cápsula outono-inverno (que são bastante sustentáveis, por sinal).

Esta marca portuguesa, "criada por mulheres e para mulheres", como dizem em comunicado, apostou em peças com um cunho jovial e moderno, mas sempre pautadas pela elegância, para que possa acabar o ano (e começar o seguinte) em bom. Assim, com padrões e várias cores à mistura, as propostas da coleção cápsula agarram nas tendências, mas dão-lhes uma reviravolta, para garantir a intemporalidade (e versatilidade) das peças.

Por exemplo, o modelo Anna (189€), disponível em preto e bordeaux, é uma peça que pode ser utilizada como um vestido elegante ou como um sobretudo de inverno, para quando o frio não quer dar tréguas. Já o conjunto Sybil (178€), composto por um blazer e um par de calças de cetim, pode ser a opção indicada para uma festa ou para ter um dia mais colorido no escritório – e a lista continua.

Going Out. A nova coleção da Bershka com a protagonista de "Elite" grita Ano Novo (preços começam nos 7,99€)
Going Out. A nova coleção da Bershka com a protagonista de "Elite" grita Ano Novo (preços começam nos 7,99€)
Ver artigo

Através da criação de modelos intemporais, a marca tem o objetivo de "lutar contra a moda rápida e descartável", acrescentam. E esta missão adensa-se com um stock limitado, a reutilização de restos de tecido para combater o desperdício, a utilização de sacos biodegradáveis e a aquisição de matérias-primas a fábricas do País.

Por isso, aliando o compromisso da sustentabilidade à missão da busca incessante pela peça de roupa perfeita para festas, a coleção cápsula de outono-inverno da Bavan Studio já está disponível no site da marca, com preços compreendidos entre os 125€ e os 189€.

Espreite a fotogaleria.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.