Mais do que nunca, estamos prontos para nos vestirmos para o clima quente que os próximos meses nos reservam. Nas passarelas, muitos foram os designers que viajaram até à época do "Saturday Night Fever" e ditaram que, sim, os looks retro dos anos 70 são mesmo a tendência a adotar, nesta estação.

A MAGG mostra-lhe as principais tendências e sugere-lhe peças que pode comprar para compor um look digno de dançar "Stayin' Alive".

Crochet

Com o regresso dos anos 70 às passarelas, também o crochet volta a estar em voga. Seja um top, um vestido ou até em swimwear, esta é a tendência primavera-verão que não pode faltar no seu armário. A dica passa por pedir ajuda à avó para tentar criar as suas próprias peças, mas se não é grande adepta dos trabalhos manuais, espreite as nossas sugestões.

Socas

Parece mentira, mas as socas (ou tamancos), que tanto fizeram furor nos anos 70, estão de volta e vieram para ficar. O segredo aqui, para um look mais leve e harmonioso, é conjugar estes ugly shoes com peças mais fluídas e femininas, como vestidos ou culottes.

32 biquínis e fatos de banho portugueses para todos os gostos e feitios
32 biquínis e fatos de banho portugueses para todos os gostos e feitios
Ver artigo

Vestidos maxi

Com o verão mesmo à porta, o vestido maxi é a melhor solução para sobreviver às altas temperaturas com muita pinta. Defina a sua cintura com um cinto e junte bijuteria para um look hippie.

Lenços na cabeça

Pode ser usado como cinto, atado ao pescoço ou em forma de top. As possibilidades são infinitas, mas o movimento disco dita que o lenço se use na cabeça. (Também é a forma ideal de salvá-la de um bad hair day, mas isso, não se preocupe, fica entre nós.)

Óculos de sol oversized

Esqueça os modelos pequenos e minimalistas, nesta estação, os óculos de sol querem-se bem grandes e imponentes. O tamanho fala por si só, mas o destaque vai também para as armações criativas, com padrões diferentes e apontamentos de cor.

Ganga patchwork

A ganga é um básico desde que há memória, mas em 2021 queremos marcar a diferença com peças arrojadas e divertidas, e o patchwork é a forma ideal para o fazer. Esta técnica, que conheceu o seu auge nos anos 70, surge da necessidade de aproveitar restos de tecidos, que eram, então, cosidos uns aos outros. Resultado: uma nova peça super original. Na ganga, a ideia passa por misturar as diferentes lavagens.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.