Fundada em 2005 em Estocolmo, na Suécia, a Klarna chega agora a Portugal. O serviço de pagamentos, recém-chegado ao mercado nacional, permite fazer compras online sem pagar logo o valor total do item, tendo a opção de o fazer em três prestações — tudo isto sem juros ou taxas.

Atualmente, a aplicação tem mais de 90 milhões de utilizadores globais, que podem optar pelo serviço "Pay in 3", que permite fazer pagamentos divididos em três prestações, sem juros ou taxas. No entanto, fica a nota importante: a aplicação só pode ser utilizada por maiores de 18 anos.

Neste smartwatch, os miúdos podem mexer. Descubra a tecnologia perfeita para as crianças
Neste smartwatch, os miúdos podem mexer. Descubra a tecnologia perfeita para as crianças
Ver artigo

E se está preocupado com a segurança no que toca a compras online, pode descansar: não precisa de associar nenhum dos seus cartões. Pode entrar em qualquer site ou loja online através de um cartão de utilização única para pagar com a Klarna, tornando o pagamento flexível, rápido, simples e seguro (tal como nos cartões criados no MB Way).

Klarna

Como é que funciona?

Imagine que pretende comprar um casaco da Zara, que tem o custo de 60€. Se optar por fazer o pagamento dividido com a Klarna, paga 20€ no ato da encomenda e, a partir daí, tem 60 dias para pagar o restante. Pode pagar mais 20€ no mês seguinte e os restantes 20€ no segundo mês. É o consumidor quem escolhe quando regulariza o pagamento, desde que seja no prazo de 60 dias.

E se não pagar as prestações no tempo limite?

Ao fim dos 60 dias estipulados, pode recorrer ao botão de Snooze, presente na app, para pedir 10 dias extra. Receberá várias notificações a relembrá-lo do pagamento. Se continuar sem ter o dinheiro disponível para o efetuar, o acesso à aplicação será bloqueado até a situação estar regularizada. De seguida, a Klarna entrará em contacto consigo para que, juntos, possam definir como pagar. Estarão em causa taxas simbólicas, mas nunca juros.

E mais?

Mas as vantagens da Klarna não terminam aqui, como explicou o responsável pela marca no mercado português, Alexandre Fernandes Ribeiro, durante o evento de apresentação da marca à imprensa, que decorreu esta quarta-feira, 17. Dentro da aplicação pode adicionar itens à sua wishlist, para comprar mais tarde, e receberá notificações com alertas de baixa de preço dos mesmos. Ao pagar com a Klarna, tem acesso a conteúdo exclusivo de certas marcas, bem como a promoções.

Klarna

Ao entrar no mercado português, a Klarna pretende começar a trabalhar com marcas nacionais, para que possam chegar aos clientes que a utilizam no estrangeiro — bem como disponibilizar marcas que não existem em Portugal. Na prática, a Klarna quer ter um impacto positivo na vida das pessoas, trazendo vários benefícios e resolvendo os problemas que têm na hora de fazer compras online.

Com mais de 250 mil parceiros, a Klarna dá acesso a marcas de luxo (Farfetch, Burberry, Net-A-Porter ou Coach), beleza e cosmética (Sephora ou Rituals), desporto e exterior (The North Face, Nike ou Adidas), eletrónica (Samsung ou Dyson), grandes armazéns (IKEA) e muitos outros (Spotify, Ebay, AliExpress, Etsy, etc.).

Para pagar com a Klarna, tem de fazer uma compra mínima de 35€. Pode gastar, no máximo, 1.000€. Se quiser devolver um item antes de terminar o pagamento das prestações, pode fazê-lo, e será reembolsado. Consegue, através da app, saber o impacto que as suas compras têm graças a uma ferramenta que monitoriza a pegada de CO2 (dióxido de carbono) das encomendas.

Klarna

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.