A Curva da Vida continua a ser um dos momentos mais importantes do "Big Brother". Maria da Conceição, a concorrente mais velha do "Big Brother", foi a escolhida para inaugurar o segmento na nova edição do reality show.

Conceição tem 50 anos e cinco irmãos. Durante a infância, "o ambiente em casa era péssimo". O pai, alcoólico, agrediu a mãe durante 15 anos, tendo acabado por se suicidar. "Eu era feliz era na escola, quando saía de casa daquele tormento", afirma. A avó paterna, que viva ao lado e para onde Conceição e os irmãos "fugiam", foi a sua "verdadeira mãe".

Quando Conceição tinha 15 anos, a mãe decidiu impor-se e foram morar para Valongo, distrito do Porto, para casa da avó materna. "Senti-me tão mal, tão mal, tão mal", confessa Conceição, explicando que descarregou a sua frustração na mãe, acusando-a de "gostar mais" do marido agressor, do que dos filhos.

No confessionário, em conversa com Cláudio Ramos e Manuel Luís Goucha, assume que ainda é muito impulsiva, mas que já perdoou a mãe, apesar de ainda haver "muito por dizer". "Acho que ela gosta muito de mim. Tenho aprendido muito com a minha mãe", diz sobre a mãe, que considera "uma grande mulher" e "uma guerreira".

O que a concorrente não esperava era a felicidade que havia de surgir. Aos 16 anos, conheceu o homem com quem é casada até hoje. "É a minha pessoa. É tudo para mim. É mais do que meu pai, mais que minha mãe". Apesar de considerar que "se não fosse ele, já não estava aqui", a concorrente nunca disse ao marido que o amava. "Não consigo dizer esta palavra". Aos apresentadores, explica que diz ao filho, mas quando Conceição era criança nunca lho disseram.

Casou com António "para sair de casa", já grávida de quatro meses, mas assume que os primeiros meses foram "muito maus". "Como trazia tanta violência", a concorrente explica que deixou de a projetar para a mãe, virando-se para o marido. "O António pagava tudo".

Em 2011, ano em que filho foi para a tropa, o cão Jack apareceu na vida de Conceição, e deu-lhe "muito amor". Hoje, é sua a "estrelinha", mas quando morreu, em abril, levou a concorrente a uma depressão.

Conceição nunca tinha ido a Lisboa até ao "Big Brother". Olha para o formato como umas férias e entrou para mudar a sua rotina. "Eu tinha que sair de lá [Valongo], senão ia fritar outra vez a pipoca", confessa.

Maria da Conceição inaugurou o segmento da Curva da Vida durante a gala de domingo, 19, durante a qual foi conhecido o primeiro expulso da nova edição do jogo.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.