Apesar de apenas há três semanas a ilha na Indonésia ter reaberto as portas para turistas domésticos e projetar igual abertura para turistas estrangeiros a 11 de setembro, o governador, I Wayan Koster, numa carta oficial revelada este sábado, 22 de agosto, decide ser prudente e não abrir fronteiras a turistas estrangeiros.

A Indonésia, incluindo Bali, fica assim com o fluxo de turistas interdito até ao final de 2020, sem data prevista, conforme é avançado pelo "Diário de Notícias".

A medida é anunciada após ter surgido um novo surto na Indonésia, embora o governador revele que esses novos casos estejam sob controlo. Acrescenta ainda que "a taxa de recuperação está a aumentar e a taxa de mortalidade está sob controlo".

Refúgio Saltus. A herdade com piscina e apenas dois bungallows e passadiços que faz lembrar Bali (mas fica em Guimarães)
Refúgio Saltus. A herdade com piscina e apenas dois bungallows e passadiços que faz lembrar Bali (mas fica em Guimarães)
Ver artigo

O fecho de fronteiras também está relacionado com o facto de muitos estrangeiros estarem proibidos de viajar nos países de origem.

Contudo, o governo apoio os planos de Bali para recuperar o setor do turismo cada vez mais afetado pela pandemia, uma vez que a ilha pretende receber turistas internacionais. "No entanto, isso exige cuidado, prudência e requer uma preparação cuidadosa", destacou o governador I Wayan Koster.

Bali registou cerca de 49 mortes e mais de 4 mil casos de COVID-19, ao passo que a Indonésia registou 6.680 mortes e mais de 153 mil casos confirmados.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.