É curioso como o alojamento mais fantástico que encontrámos nos últimos tempos tenha o nome de O Esconderijo do Ártico. Fica em Gildeskål, na Noruega, e é alugado por superanfitriões que levam este sítio à cotação máxima: cinco estrelas. Mas nem era preciso a simpatia, porque as pequenas cabines deste pequeno hotel carregam o peso da avaliação.

O Esconderijo do Ártico divide-se em dez espaços, sendo que quatro deles são cabines com camas individuais para passar a noite e assistir aos espetáculos que acontecem sem hora marcada, seja dia ou noite.

Enquanto faz sol, será mais fácil avistar o mar da Noruega e as ilhas próximas, bem como os pássaros e focas que caracterizam a biodiversidade em redor das ilhas Fleinvaer, onde fica o complexo concebido para admirar a natureza. Antes de cair a noite, os raios de sol descem mesmo à frente do seu quarto e mais tarde vai poder ver luzes de outras cores numa aurora boreal — mais provável de acontecer no inverno. Com sorte, verá também a neve a cair e a deixar este lugar mágico completamente branco.

Acredita que esta obra da natureza fica a cerca de uma hora de Lisboa?
Acredita que esta obra da natureza fica a cerca de uma hora de Lisboa?
Ver artigo

Para tornar a estadia ainda mais especial, pode optar por ficar na cabine Lower Tall, um espaço mais privado junto ao mar, que além de uma pequena cama de casal, tem secretária e espaço para guardar a bagagem.

Ainda assim, terá de partilhar a Casa da Torre com os restantes hóspedes (no máximo dez) que o empreendimento recebe. Na verdade, vai querer passar a vida neste espaço (com estúdio, mantinhas, casa de banho e cozinha), não para degustar a toda a hora as maravilhas locais — como o salmão fumado, um caranguejo apanhado ali mesmo, ou a akevitt, uma bebida tradicional à base de batata —, mas sim para apreciar a vista panorâmica ou entrar na sauna para relaxar.

O conceito do alojamento é de partilha, tanto que os hóspedes são convidados a "comer todos juntos à volta da longa mesa de jantar", e de consciência para com o ambiente, o que significa que recursos como a água são para preservar. "Uma estação de tratamento cria água potável a partir da água do mar, mas não é um recurso ilimitado como está habituado no dia a dia", avisam os responsáveis.

Em novembro, por exemplo, uma noite custa a partir de 137€ por pessoa. Disponível na Airbnb.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.