Foi no verão de 2017 que começou a febre dos insufláveis. Em todas as redes sociais se viam diariamente partilhas de fotografias de pessoas em piscinas, ou até no mar, deitadas em cima de bóias insufláveis. Virou tendência, e de repente já ninguém ia de férias sem levar um insuflável atrás. Foram aparecendo várias formas, como donuts, hambúrgueres e pizzas, sem esquecer os famosos flamingos — estes foram, sem dúvida, a imagem de marca do verão passado.

Este ano, dois designers canadianos quiseram elevar a fasquia (ou não). No Instagram de um dos desginers, Andrew Greenbaum, podemos ver uma fotografia do protótipo da bóia insuflável que criaram. Um alimento? Um animal? Um unicórnio? Não. Um caixão.

Uma criação que segundo o próprio levou três anos a tornar-se real. Apesar de já terem partilhado a ideia e a primeira imagem do insuflável, este ainda não se encontra à venda. Aliás, os criadores estão neste momento à procura de investidores para conseguirem produzir mais e chegar ao público.

No Instagram, os comentários são maioritariamente de apoio e muitos dizem que adoravam ter um. No Twitter há quem pergunte se também fazem em preto. Uma coisa é certa: contrariamente a outras bóias, pelo menos parece mais confortável.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.