É mesmo verdade. Spelacchia, cadela de Cristian Mallocci, deu à luz cinco cachorrinhos — e um deles nasceu verde. Quanto à escolha do nome, não houve muitas duvidas: Pistachio. Mesmo assim, nas redes sociais, onde as imagens do recém-nascido se tornaram virais, já começaram a surgir mais sugestões (e comparações) — o animal já foi descrito como sendo filho das personagens Hulk, Máscara ou Grinch.

Dos cinco cachorrinhos, que nasceram a 9 de outubro, é o único que Mallocci, a viver numa quinta da Sardenha, vai querer manter. Desempenhará uma função: será treinado para, tal como a sua mãe, guardar um rebanho de ovelhas, conta à Reuters o homem. Os irmãos, que nasceram com pelo branco, igual ao da mãe, serão entregues a adotantes.

Passemos, então, à questão principal: como é que é possível haver cães com pigmentação verde? O fenómeno é bastante raro, mas tem explicação. Há duas formas naturais de ocorrer. A primeira explicação, ligeiramente perturbadora e menos provável, tem que ver o facto de, quando no útero, o bebé poder ficar manchado pelo mecónio, matéria fecal estéril, verde escura, produzida pelos intestinos do bebé, que pode ser libertada antes do nascimento — ainda que seja mais comum a libertação ocorrer depois.

O segundo motivo, e o mais provável, tem que ver com a biliverdina, um pigmento verde no útero da mãe, que poderá ser a causa para a particularidade de Pistáchio.

A cor não será, no entanto, permanente, tanto que, à Reuters, Cristian Mallocci relatou que o verde no pelo do animal já está a desaparecer.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.