Barack Obama, George W. Bush e Bill Clinton (ocupantes da Casa Branca entre 2001 e 2016) voluntariaram-se para ser filmados para a televisão a receberem a vacina contra a COVID-19, noticia a CNN. Os três ex-presidentes esperam que esta campanha de sensibilização para promover a confiança na segurança e eficácia da vacina na população seja eficaz, numa altura em que as autoridades de saúde pública lutam para convencer o público.

A iniciativa partiu de George W. Bush, que entrou em contato com Anthony Fauci (o diretor do Instituto nacional de Alergias e Doenças Infeciosas dos EUA e rosto da luta contra a doença naquele país) e Deborah Birx (a coordenadora da Casa Branca nesta área) para saber como poderia ajudar a promover a vacina.

Barack Obama telefona a eleitores nos EUA para apelar ao voto. Veja o vídeo
Barack Obama telefona a eleitores nos EUA para apelar ao voto. Veja o vídeo
Ver artigo

"Antes de tudo, as vacinas têm de ser consideradas seguras e administradas às pessoas prioritárias. Depois, o presidente Bush irá para a fila para tomar a vacina e fá-lo-á com gosto em frente às câmaras", disse Freddy Ford, chefe de gabinete do ex-presidente norte-americano.

A CNN avança ainda que Bill Clinton fará o mesmo e, em entrevista recente à Sirius XM, Barack Obama revelou que alinha pelo mesmo diapasão. "Se calhar vou acabar por ser vacinado em frente às câmaras ou vou pedir para esse momento ser registado em vídeo, só para que as pessoas saibam que confio na ciência e que o que não quero é apanhar covid", afirmou o ex-presidente norte-americano.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.