Athena Strand, de 7 anos, desapareceu a 30 de novembro. Dois dias depois, foi encontrada morta no condado de Wise, Texas. Um estafeta da empresa de entregas FedEx confessou os crimes de rapto e de homicídio. Sabe-se agora que terá ido até à casa da menina para entregar uma das prendas de Natal que ela receberia: um conjunto com bonecas Barbies.

A menina de 7 anos terá sido levada do passeio da rua em que residia, a 200 metros de casa. As autoridades detiveram Tanner Lynn Horner, o estafeta de 31 anos, a 2 de dezembro. Acreditam que Tanner não conhecia a vítima e que Athena terá sido morta uma hora depois do rapto. A mãe da criança já reagiu.

Menina de 7 anos encontrada morta depois de 2 dias desaparecida. Estafeta é principal suspeito
Menina de 7 anos encontrada morta depois de 2 dias desaparecida. Estafeta é principal suspeito
Ver artigo

Maitlyn Gandy revelou que o estafeta havia ido até à casa onde a menina morava com o pai e a madrasta para entregar uma encomenda que continha uma das prendas de Natal de Athena: as Barbies da coleção "You Can Be Anything" ("tu podes ser qualquer coisa"), refere a CBS News.

"A Athena deixou de ter a oportunidade de ser quem ela quisesse. E este presente, encomendado com inocência e amor, é algo que ela nunca vai receber", disse a mãe da criança, aos repórteres. "A minha filha de 7 anos foi morta por causa de um presente encomendado com amor e inocência", reforçou.

O estafeta de 31 anos foi detido pelos crimes de homicídio em primeiro grau e rapto agravado. Depois de se dirigir à casa de Athena Strand para entregar a encomenda, Tanner Lynn Horner terá conduzido durante 65 quilómetros até Fort Worth, onde foi encontrado o corpo da criança.

"Era suposto eu ficar com a Athena depois das férias de Natal. Em vez disso, ela vai ser cremada e vem para casa numa urna", afirmou a mãe, que vive em Oklahoma. "Roubaram-me a oportunidade de a ver crescer. Um homem em quem devíamos confiar para fazer uma tarefa simples — entregar um presente de Natal e ir-se embora", adiantou Maitlyn Gandy.

"Ela era uma menina fantástica, que amava cantar, dançar e adorava todos os animais. Também adorava a escola e todos os amigos do primeiro ano, que agora estão a ter dificuldades em compreender este homicídio", continuou a mãe da criança, que agora quer certificar-se de que "monstros em uniformes de estafetas não aparecem à entrada das casas das crianças".

Athena foi dada como desaparecida depois de uma discussão com a madrasta. Centenas de pessoas fizeram esforços no sentido de encontrar a criança, antes de o corpo ser identificado pelas autoridades. Foi estabelecida uma fiança de 1,5 milhões de dólares (1,42 milhões de euros) para Tanner Lynn Horner.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.