A MSCHF, uma marca sediada em Brooklyn, comprou alguns pares de Nike Air Max 97 brancas e personalizou-as com um crucifixo pendurado nos cordões, palmilhas vermelhas com cheiro a incenso e uma sola transparente com 60cl de água recolhida no rio Jordão, que passa pela Jordânia, Israel e Palestina, e benzida por um padre.

Para reforçar a presença de elementos cristãos, colocaram ainda o versículo Mateus 14:25, que relata o momento em que Jesus caminha sobre o mar, na lateral dos ténis, a preto. Há ainda uma gota de sangue na língua da sapatilha, que representa o sangue de Cristo no momento da crucificação.

Novos Nike com água benta esgotam em minutos

Estas sapatilhas, as Jesus Shoes, são uma edição limitada da MSCHFxINRI e esgotaram em poucos minutos. O modelo foi colocado à venda por 1.293€, mas no site de leilões os preços já começam nos 2.722€.

A Nike não teve qualquer envolvimento no design destas sapatilhas, uma vez que Daniel Greenberg, comercial da MSCHF, revelou ao "The New York Post" que a marca comprou todas os modelos disponíveis numa loja de venda ao público. A ideia surgiu da vontade de fazer uma critica à "cultura de colaboração" que as marcas vivem neste momento. Segundo Greenberg, as Jesus Shoes surgiram quando a marca se perguntou como seria fazer um colaboração entre a MSCHF e Jesus Cristo.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.