O Natal é normalmente sinónimo de uma casa cheia ou de pelo menos uma mesa rodeada de várias gerações. Mas não é isso que tem acontecido com Terrence, de 78 anos. Há 20 que passa o Natal sozinho, mas este ano foi diferente.

Esta quinta-feira, 12 de dezembro, teve direito a uma árvore e a uma pequena atuação coral com músicas de natalícias à porta de casa. Foi tudo organizado por Dan Walker, jornalista e apresentador do programa britânico "BBC Breakfast", que no dia anterior tinha entrevistado Terrence sobre a solidão que passa anualmente nesta época.

Foi por essa razão que, depois da entrevista, Walker decidiu dirigir-se à casa do senhor de 78 anos, em Oldham, Reino Unido, levando consigo estudantes do colégio de Oldham, que instalaram em casa de Terrence uma árvore de Natal toda decorada para trazer de novo o espírito natalício à casa de Terrence.

A emoção foi imediata. Terrence ficou bastante emocionado, quase sem conseguir falar, dizer apenas entre soluços: "Muito obrigada".

Walker consolava o homem idoso, perguntando se precisava de se sentar, dado que Terrence estava em lágrimas e mostrava estar um pouco nervoso.

Sem se querer sentar, Walker dirigiu Terrence para a segunda surpresa. Abriu a porta da frente de casa, onde estava o grupo coral de estudantes que começou a cantar a música favorita de Terrence : "Silent Night". Veja todos os momentos da surpresa.

O idoso ficou parado a admirar a música, enquanto as lágrimas continuavam a correr. O momento foi filmado e o vídeo partilhado por Walker no Twitter tornou-se viral.

Com mais de 56 mil gostos e 14 mil retweets, foi na caixa de comentários que os utilizadores da plataforma mostram ficar também emocionados com o gesto do jornalista e da comunidade envolvida na surpresa.

"Lindo. Se isso não o mover, nada o fará", disse o comentador de futebol da "Sky Sports", Gary Taphouse, uma da figuras conhecidas que comentou, além da repórter Mary Harris, o futebolista Trevor Sinclair e o produtor de conteúdos Mike P Williams, que disse em tom de ironia: "Definitivamente, não estou a chorar. Nem um pouco".

Antes da surpresa, Terrence conta que costumava de ir a casa da mãe no dia de Natal para levar uma refeição e pequenos presentes que ele próprio embrulhava e colocava dentro de uma almofada, que deixava junto da mãe.

Até que um dia a mãe de Terrence disse: "Sem ti, a trazer-me presentes de Natal, eu não teria nenhum presente pois não?". Agora é este homem de 78 anos quem pensa nisso, expressando-o a Walker. Foi precisamente neste momento que entraram todas as surpresas.

Mas não são só as surpresas que tornaram este Natal diferente para Terrence. Na entrevista que antecedeu o momento de emoção, o idoso conta a Walker que 2019 será o primeiro ano, depois de duas décadas, em que vai passar o Natal na companhia de um amigo que conheceu na Age UK — uma instituição de caridade no Reino Unido — e de Nancy, uma mulher de 90 anos que sofre de demência.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.