Um bebé foi encontrado dentro de um caixote do lixo na passada terça-feira, 5 de novembro, perto da discoteca Lux Frágil, em Lisboa. Transportado para o Hospital D. Estefânia de urgência, o bebé recuperou e encontra-se agora fora de perigo. O caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária, mas o tribunal já decidiu a quem será entregue a criança.

A notícia parou o País e gerou opiniões controversas. Há quem compreenda a atitude da mãe, que alegadamente terá abandonado o recém-nascido, e quem a julgue até à morte. O namorado já foi ouvido, assim como a alegada autora do abandono.

Seja qual for o veredito final da investigação, a criança está pronta para sair do hospital. Esta segunda-feira, 11 de novembro, o caso foi ao Tribunal de Família e Menores de Lisboa, e o bebé já tem uma nova casa temporária. Será entregue à Santa Casa da Misericórdia, que ficará responsável por escolher uma família de acolhimento até ser decidida a tutela final.

Não está descartada a hipótese de a criança ficar com familiares que atestem ter as condições necessárias para cuidar dela.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.