Estávamos em novembro de 2015 quando Popeye, um cão de pequeno porte com apenas um ano de idade, desapareceu de Ponte de Lima. Na altura, os donos fizeram de tudo para o recuperar, mas o reencontro só viria a ser possível cinco anos mais tarde.

Na semana passada, um cão com as mesmas características de Popeye foi encontrado pelas ruas de Vila Nova de Gaia por uma senhora que estava a passear. Depois de se aperceber que o animal estaria perdido pelas ruas, decidiu levá-lo ao Hospital Veterinário de Santa Marinha (HVSM). Terá sido aí que, recorrendo ao microchip, os veterinários foram capazes de chegar aos donos.

Embora se conheça pouco sobre eles, sabe-se que são um casal e que ambos terão cerca de 30 anos. Vivem em Aveiro e terão perdido Popeye há cinco anos numa pequena vila de Viana do Castelo. Uma das veterinários do HVSM diz que, quando contactou com o casal, a notícia foi recebida com uma misto de surpresa e dúvida. 

Verdades, mitos, incertezas e cuidados. Tudo o que os donos de cães e gatos devem saber em tempos de pandemia
Verdades, mitos, incertezas e cuidados. Tudo o que os donos de cães e gatos devem saber em tempos de pandemia
Ver artigo

"Através do microchip, conseguimos o contacto. Eles nem queriam acreditar quando lhes contámos. Até pediram para enviar uma fotografia para saber se realmente era o mesmo. Mal viram, perceberam que, de facto, se tratava de Popeye", explica Joana Rocha ao "Jornal de Notícias".

Apesar de tudo, não se sabe exatamente por onde andou o animal ao longo destes cinco anos, mas a mesma veterinário garante que o reencontro entre Popeye e os donos foi "emocionante."

"Parecia que não se tinha passado tanto tempo entre eles. Mas se [Popeye] não tivesse aquela identificação eletrónica, provavelmente seria mais um animal para adoção e os donos poderiam nunca mais encontrá-lo", referiu ao mesmo jornal.

Segundo se sabe, Popeye já estará junto do casal.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.