Apesar de ter chegado a altura de desmontar a árvore, arrumar os enfeites e adormecer o espírito natalício, a Câmara Municipal de Oeiras já divulgou novos projetos para o Natal de 2019. E vêm aí novidades.

Para recriar a magia e o espírito da aldeia do Pai Natal na Lapónia, o Passeio Marítimo de Algés vai receber, não só o primeiro, mas também o maior Christmas Fun Park da Europa. Vai ser assim durante quatro anos.

O investimento de seis milhões de euros vai resultar 72 mil metros quadrados de muitas atividades, espetáculos e não só. Para além de não poder faltar o mercado de Natal, vai haver ainda espaço para uma Christmas Villa Especial, dedicada a missões solidárias.

Há planos para abrir um parque de diversões no Algarve ao estilo da Disney
Há planos para abrir um parque de diversões no Algarve ao estilo da Disney
Ver artigo

Os equipamentos que estarão disponíveis são responsabilidade de parceiros nacionais e internacionais, que prometem garantir a diversão de todas as faixas etárias. Haverá ainda espaços destinados a empresas, onde podem realizar os seus eventos natalícios e programas especiais para escolas e instituições.

O Presidente da Câmara, Isaltino Morais, está convicto de que esta iniciativa será benéfica para Oeiras e espera que atraia muita gente. "Este Christmas Fun Park vai ser mágico, tem tudo para ser um sucesso e vai transformar o concelho na verdadeira capital do Natal", afirma em comunicado enviado às redações.

A partir da data de abertura do parque, que para já só se sabe que acontecerá em dezembro, os promotores esperam receber meio milhão de visitantes, o que ronda uma média de 20 mil pessoas a entrar todos os dias no Christmas Fun Park.

Newsletter

A MAGG é uma magazine para mulheres MAGGníficas. A MAGG faz um apanhado das mais estranhas que encontrámos nos sites das lojas.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma magazine para mulheres MAGGníficas. A MAGG faz um apanhado das mais estranhas que encontrámos nos sites das lojas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.