Após o término da reunião do Conselho de Ministros marcada para esta quinta-feira, 7 de janeiro, António Costa falou ao País e anunciou que as medidas que estão atualmente em vigor serão para manter e deixou no ar a hipótese de, a partir de 15 de janeiro, ter de as endurecer devido à evolução negativa da situação epidemiológica em Portugal.

Isto significa que até 15 de janeiro, as restrições que estavam em vigor vão ser aplicadas a todos os concelhos que registem mais de 249 novos casos de infeção por 100 mil habitantes. Em todos esses concelhos, a livre circulação na via pública está proibida após as 13 horas e ficam também proibidas a circulação entre concelhos.

COVID-19. Especialistas defendem mais restrições e até um novo confinamento
COVID-19. Especialistas defendem mais restrições e até um novo confinamento
Ver artigo

Destas medidas estão isentos apenas 25 concelhos, aqueles que registam menos de 240 novos casos por 100 mil habitantes. Ainda que, diz António Costa, a evolução da pandemia ainda não esteja "totalmente clarificada", prevê-se um "agravamento da situação" que levará o executivo a "adotar medidas mais restritivas a partir da próxima semana".

Na mesma declaração, o primeiro-ministro não descarta a adoção de um novo confinamento geral.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.