Uma vez que a ideia é promover a adoção de novos hábitos, o ReMUSEU, um museu dedicado à reciclagem, é também ele reciclado e reciclável. Isto porque se trata de uma intalação pop-up, que vai dinamizar a zona de Alcântara a partir de 17 de maio.

Numa iniciativa conjunta do Electrão – Associação de Gestão de Resíduos, da Câmara Municipal de Lisboa e do NewsMuseum, este museu pretende ser um centro de conhecimento e experiências para a informação e sensibilização para a gestão dos resíduos, a economia circular e o ambiente.

Com o mote “Repensar, Reutilizar, Reciclar”, e integrado no âmbito de Lisboa Capital Verde Europeia 2020, o ReMUSEU vai reunir, num registo imersivo e com recurso a exposições, instalações, experiências interativas e educativas, ideias e perguntas sobre o impacto do depósito indiferenciado de resíduos no planeta e a necessidade de mudança de comportamentos.

Estamos a reciclar cada vez mais em Portugal. E sabe qual é o material que mais reciclamos?
Estamos a reciclar cada vez mais em Portugal. E sabe qual é o material que mais reciclamos?
Ver artigo

Em comunicado, Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, garante que “o ReMUSEU é uma peça chave no programa de Lisboa Capital Verde Europeia 2020, ao constituir-se como um palco vivo de conhecimento e sensibilização para a temática dos resíduos e do ambiente"

O ReMUSEU vai ganhar vida num parque de estacionamento subterrâneo, junto à Doca de Santo Amaro, em Lisboa. A entrada no museu é gratuita, mas os visitantes terão de entregar uma embalagem usada para receberem o seu bilhete.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.