Centenas de voos têm sido cancelados no aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, nos últimos dias, sendo que a maioria pertence à companhia aérea TAP. O site da ANA, a autoridade dos aeroportos de Portugal, está em constante atualização, registando os números e fornecendo indicações de como proceder no caso de ser um dos visados.

Caos instalado. Já foram cancelados 42 voos no aeroporto de Lisboa este domingo
Caos instalado. Já foram cancelados 42 voos no aeroporto de Lisboa este domingo
Ver artigo

De acordo com o mesmo site, estão previstos 27 voos cancelados para esta terça-feira, sendo 16 voos de chegadas e 11 de partidas. Estes números podem aumentar ao longo do dia. Para o Porto existe a previsão de quatro cancelamentos e para a Madeira outros dois, divulga a Sapo24.

Mas, afinal, o que explica estes cancelamentos em massa? De acordo com o que tem sido avançado por órgãos de comunicação social como o "Jornal de Notícias" ou o site Sapo24, poderão estar em causa greves, falta de pessoal, constrangimentos em vários aeroportos europeus ou até o encerramento da pista do aeroporto de Lisboa, na sexta-feira, devido ao rebentamento dos pneus de um jato privado.

A ANA aconselha a que todos os passageiros contactem a respetiva companhia aérea antes de se deslocarem para os aeroportos. Já a DECO, associação de defesa do consumidor, disponibiliza contactos para os visados e relembra que "as transportadoras aéreas são obrigadas a prestar assistência adequada aos passageiros em situações de atraso e cancelamento", como cita a Sapo24.

"Se o seu voo foi cancelado e não recebeu assistência ou tem dúvidas sobre os seus direitos, contacte-nos por escrito através da nossa Linha de WhatsApp (+351 966 449 110), do nosso endereço eletrónico geral deco@deco.pt ou através nosso formulário de contacto, ou por via telefónica, através do número 213 710 200", esclarece a DECO.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.