O verniz veio dar uma nova vida às nossas mãos. Colorido, mais escuro ou em tons nude, são poucas as mulheres que não gostam de usá-lo. Agora, com as técnicas de verniz gel ou gelinho, a nossa vida ficou muito mais facilitada – as unhas aguentam durante duas ou três semanas, impecáveis como se tivessem acabado de ser pintadas.

Mas há quem diga que todo este processo faz mal. E mais, que deve retirar qualquer vestígio de verniz sempre que vai para a cama. O médico podologista das estrelas, Bastien Gonzalez alerta: “Como a maquilhagem, que é retirada todos os dias antes de dormir, o verniz também o deveria ser”.

Imersão em pó. Será assim tão diferente (e mais saudável) do que as unhas de gel?
Imersão em pó. Será assim tão diferente (e mais saudável) do que as unhas de gel?
Ver artigo

Numa conversa com a jornalista Sarah Vine, o médico alerta que existem demasiados riscos associados ao uso de verniz. Primeiro, estão as luzes UV que servem para secar o verniz gel. Na melhor das hipóteses causam envelhecimento precoce da pele, na pior das podem ser agentes causadores de cancro. O médico de estrelas como Gwyneth Paltrow ou Robert DeNiro alega que estas luzes podem “causar tantos danos como um solário”.

Para além destes riscos, existe também o perigo de a unha absorver químicos prejudiciais ou contrair uma infeção fruto do longo período em que os produtos estão em contacto com a unha. O processo de remoção também não ajuda – contribui para o enfraquecimento da unha e, quando mal feito, pode danificar a base da mesma.

Por todas estas razões o médico alerta: “O verniz é como a fast-food — rápido, conveniente e apelativo, mas só faz mal”. Como conselho é dito que deve apenas utilizá-lo uma ou outra vez, como exceção e não a regra. "Como um belo vestido ou uns belos sapatos, o verniz deve ser usado numa ocasião especial e retirá-lo de seguida. O resto do tempo a unha fica natural e saudável", remata Bastien Gonzalez.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.