Cristiano Ronaldo está atento ao que é dito nas redes sociais, sobretudo aos comentários em fotos de família. Dolores Aveiro, mãe e avó (sem dúvida moderna), partilhou esta terça-feira (5) duas fotografias com o neto mais velho, conhecido por Cristianinho, alcunha que está a começar deixar de servir para o jovem de quase 12 anos. A entrada na puberdade já se começa a notar e o jovem apresenta-se com um novo estilo, ao qual os seguidores da madeirense não ficaram indiferentes.

Além do "pulo" na altura do jovem, nascido a 17 de junho de 2010, também se falou sobre o seu visual desportivo. O que chamou mais à atenção dos internautas foram umas sapatilhas em tons de dourado, parecidos com as populares crocs, sobre as quais já contámos todos os pormenores. A acompanhar, Cristianinho utilizava meias brancas da Nike.

O par usado na fotografia está à venda por valores entre os 401€ e os 1532€, dependendo do tamanho. E Cristiano Ronaldo fez realmente questão de elogiar o estilo do filho, esta quarta-feira (6), escrevendo em tom brincalhão: "Os sapatos não é para quem quer. Mas sim quem pode". O comentário já conta com mais de oito mil gostos e mais de 500 respostas.

Cristiano Ronaldo defende filho
créditos: Instagram Dolores Aveiro

O melhor do mundo, esta quinta-feira (7), também deixou um comentário na outra foto em que Dolores aparece com o neto, que usa uns chinelos da mesma coleção, que foram igualmente motivo de comentários dos internautas. Ronaldo sentiu necessidade de defender o filho, impor a sua liberdade de estilo e mostrar que respeita o gosto do filho: "Ele usa o que quer. Não o que vocês querem", rematou.

Cristiano Ronaldo defende filho
créditos: Instagram Dolores Aveiro

Ambos os modelos de calçado do Cristianinho, que está a passar férias na Madeira com a avó, pertencem à coleção Yeezy, que existe desde 2020 e resulta de uma parceria entre a marca Adidas e o rapper Kanye West. Os chinelos utilizados pelo jovem são conhecidos pelo seu conforto e o preço começa nos 359€.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.