A estrela, nomeada para um Óscar pela participação no filme "Juno", anunciou esta terça-feira, 1 de dezembro, nas redes sociais que é transgénero e que vai passar a identificar-se como homem e com o nome Elliot.

"Olá amigos. Quero partilhar convosco que sou trans. O meus pronomes são ele / eles e o meu nome é Elliot. Sinto-me uma felizarda por escrever isto. Por estar aqui. Por ter chegado a este lugar na minha vida", escreveu.

Elliot Page agradece ainda a todos os que o "apoiaram ao longo desta viagem" e salienta como é importante amar-se nesta nova identidade. "Também peço paciência . A minha alegria é real, mas também é frágil. A verdade é que, apesar de me sentir profundamente feliz neste momento e de saber o privilégio que tenho, também estou assustada. Tenho medo da invasão, do ódio, das 'piadas' e da violência", desabafou.

Modelo transgénero diz que J.K. Rowling é uma "ameaça para as pessoas LGBT"
Modelo transgénero diz que J.K. Rowling é uma "ameaça para as pessoas LGBT"
Ver artigo

O ator também criticou os políticos que "trabalham para criminalizar os cuidados médicos para a comunidade trans criminalizam a atenção médica a transexuais e negam o direito" de a comunidade existir. Elliot aponta também o dedo a figuras públicas que "continuam a espalhar hostilidade contra a comunidade trans". O ator abordou ainda as altas taxas de tentativa de suicídio na comunidade transgénero, que ascendem aos 40%.

Elliot termina a publicação, deixando uma mensagem de apoio a todos os transgénero que lutam diariamente contra a discriminação. "A todas as pessoas trans que lidam com assédio, ódio, abuso e a violência todos os dias: vejo-vos, amo-vos e farei tudo o que estiver ao meu alcance para mudar este mundo para melhor", concluiu Page.

Recorde-se que em 2014, Elliot anunciou ser homossexual e rapidamente se tornou numa referência para a comunidade LGBTQ de Hollywood. Em 2018, casou-se com a bailaria Emma Portner.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.