Tem sido uma tendência nos últimos meses: o nome de André Ventura associado a celebridades, seja porque estas o apoiam, seja porque o criticam publicamente. O líder do Chega tem paulatinamente atacado, via Twitter, figuras públicas como Ricardo Quaresma, Ricardo Araújo Pereira, Agir ou Filomena Cautela mas, desta vez, o caso é diferente.

Olavo Bilac já veio a público pedir desculpa depois de ter atuado num jantar do partido liderado por Ventura e, agora, é Manuel Luís Goucha que vem juntar a sua opinião à discussão... e para defender o músico.

Olavo Bilac atuou em comício do Chega, arrependeu-se e pediu desculpa: "Percebo que errei"
Olavo Bilac atuou em comício do Chega, arrependeu-se e pediu desculpa: "Percebo que errei"
Ver artigo

"Olav Bilac actuou num jantar do Chega. Trabalho é trabalho... (e não bonda para os artistas) depois tirou uma foto e pelos vistos foi arrasado nas redes sociais a ponto de se ter visto obrigado a dar explicações no seu Instagram. A única coisa que vejo de errado nesta foto é o facto de não ter sido respeitado o distanciamento físico", escreve a estrela da TVI.

"Pois eu, tanto tiro uma foto com André Ventura como com Catarina Martins, se mo pedirem, claro, e a metro e meio de distância de cada um. Já agora uma pergunta, que estou de férias e posso ter perdido alguma coisa: já não vivemos em Democracia?. (Agora podem-me arrasar à vontade ... que não dou explicações. Já chega!!!)", questiona ainda Goucha.

A opinião de Manuel Luís Goucha está a gerar opiniões divergentes, uma das quais de Iva Domingues. A apresentadora não criticou diretamente o colega, mas escreveu: "Quero apenas recordar que depois do ataque a tiro a uma discoteca gay, que matou 49 pessoas em Orlando, nos EUA, a extrema direita cristã veio comemorar ! Lembrar ainda que Irão, Arábia Saudita, Iémen, Nigéria e Somália mantêm ainda hoje, a pena de morte para homossexuais (nenhum destes países é de esquerda)".

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.