Em 2018, após a mudança de Cristina Ferreira para a SIC, foi anunciado que quem passaria a estar ao lado de Manuel Luís Goucha no programa das manhãs da TVI, "Você na TV", seria Maria Cerqueira Gomes. Dois anos depois, as apresentadoras reúnem-se numa entrevista para a edição de novembro de revista da atual diretora de Entretenimento e Ficção da TVI.

Segundo Cristina Ferreira, nesta publicação que está nas bancas desde esta sexta-feira, 6 de novembro, "estão as respostas às perguntas que talvez todos quiseram fazer nestes últimos dois anos". 

Há dois anos, Maria Cerqueira Gomes deixou o trabalho no "Porto Canal", os filhos, a casa e mudou-se para Lisboa para assumir aquele que foi um dos maiores desafios da sua vida pessoal e profissional. "Quem comprar vai ler verdade e vai perceber como foram os meus últimos anos", garante a apresentadora na publicação que partilhou no Instagram esta sexta-feira.

Em entrevista à revista "Cristina", Maria afirma que quando foi convidada para assumir o lugar de Cristina Ferreira disse "imediatamente que sim". "Não verbalizei, porque há um conjunto de situações que tinham de ser vistas, mas disse logo que sim. Não tinha qualquer objetivo de fazer televisão generalista, mas quem faz televisão, quem tem esta paixão, sabe que há oportunidades que não passam duas vezes".

No Porto deixou os dois filhos, Francisca, na altura com 16 anos, e João, que tinha apenas um ano e meio. "Custava-me muito o momento de entrar em casa e não ouvir o barulho, não ouvir 'mãe'. Isso é fatal, principalmente para uma pessoa como eu, que sou de afetos e de toque. Foi horrível", assume.

Cristina Ferreira e Maria Cerqueira Gomes: o primeiro frente a frente
Cristina Ferreira e Maria Cerqueira Gomes: o primeiro frente a frente
Ver artigo

A apresentadora revela que nunca se habituou à nova realidade e, por isso, em maio, tomou uma decisão. "Percebi que estava a fazer um esforço para ser feliz e realizar um sonho e que não estava a ser feliz a realizar esse sonho", afirma, referindo-se também ao quão difícil foi adaptar-se às notícias que saíam nos meios de comunicação social.

Apesar de todas as dificuldades, Maria Cerqueira Gomes assume que nunca se arrependeu, mas o facto de ter realizado um contrato apenas de um ano fez também com que conseguisse manter alguma liberdade. Quando foi convidada para apresentar o programa "A tua Cara não me é Estranha", aceitou mas impôs condições que sabia que seriam um risco. "Arrisquei muito. Neste momento, podia não estar aqui, e não sei se vou estar daqui a seis meses ou um ano, mas arrisquei. Porque eu percebi que tinha de viver uma verdade maior do que a que estava a viver. Sou muito mais feliz agora do que era há oito meses", esclarece a apresentadora a Cristina.

Em janeiro deste ano, Maria Cerqueira Gomes deixou de apresentar o "Você na TV!" e regressou ao Porto. Atualmente, comanda o segmento "Gente do Norte" e faz parte do grupo de apresentadores do programa das tardes de domingo da TVI, "Somos Portugal". De uma forma sincera e humilde, Maria, revela ainda que nem sempre foi fácil estar ao lado de Manuel Luís Goucha. "O Manel não ajudou sempre e ele sabe, também. Não ajudou sempre e é natural, eu consigo perceber porquê. Foi um ano muito difícil para mim, mas foi um ano ainda mais difícil para o Manel", frisou à mesma publicação.

Cristina Ferreira e Manuel Luís Goucha festejam o reencontro com abraço apertado
Cristina Ferreira e Manuel Luís Goucha festejam o reencontro com abraço apertado
Ver artigo

Mas as mudanças, não foram apenas a nível profissional. Em agosto de 2019, a apresentadora separou-se do companheiro António Miguel Cardoso, pai do filho mais novo. "Nós acabámos porque temos os dois formas de estar muito diferentes. E este mundo não é para todos. Quem está ao nosso lado precisa de ter certas capacidades.", assumiu. Em Lisboa, recorreu ainda a ajuda técnica para "arrumar gavetas", algo que a ajudou muito.

Ficar a viver em Lisboa nunca foi uma opção para Maria Cerqueira Gomes devido à importância que dá à família. "Não me canso da A1. Faço 320 quilómetros às vezes que for preciso para conseguir chegar a casa, deitar os meus filhos ou levá-los, de manhã, à escola e eles estarem com a família deles, com os amigos deles, com a realidade que conhecem", remata.

Cristina Ferreira assume que esta era uma entrevista que queria fazer há muito tempo. "Quis dar-te o meu lugar no 'Você na TV', mas não me deixaram. Queria dar-te a passagem, porque sabia da dificuldade que irias enfrentar", revela a atual diretora de Entretenimento e Ficção da TVI.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.