Uma atuação do rapper Post Malone, 24 anos, na sua terceira tour — "Runaway Tour" — pelos Estados Unidos originou uma série de vídeos na rede social Tik Tok e também vários comentários no Twitter. Isto porque Post Malone, nome artístico de Austin Richard Post, é visto a revirar os olhos durante um concerto e acaba mesmo por cair e rolar no chão — deixando os fãs preocupados com o seu bem estar. 

Pelo Twitter surgiram comentários como "o Post Malone não está bem e fico mesmo triste. Já perdemos tantos artistas e só espero que ele não seja o próximo", diz uma utilizadora, tal como outra que recorda o caso de outro artista: "Acho bem que o Post Malone não repita a história do Mac Miller, não ia aguentar. Espero mesmo que ele se controle".

Há ainda quem compare a situação à da cantora Amy Winehouse: "Isto do Post Malone parece o que aconteceu com a Amy Winehouse. Ela estava em palco tantas vezes sobre o efeito de álcool e drogas e nunca ninguém fez nada para a ajudar, nem os managers, nem a família, nem ninguém. E depois aconteceu o que aconteceu. Não deixem que se repita".

Não se sabe se o cantor estava ou não drogado ou alcoolizado, contudo, no final de uma outra atuação esta sexta-feira, 6 de março, em Memphis, nos Estados Unidos, Post Malone fez um esclarecimento: “Não estou drogado e sinto-me melhor do que já senti em toda a vida", acrescentando ainda que as suas performances em palco são mesmo assim, dramáticas e selvagens, o que nada tem que ver com estupefacientes.

Também o pai, Rich Post, tentou contrariar os rumores que se espalham sobre o filho, fazendo várias publicações no Twitter. "Estou cansado disso", disse Rich, seguindo-se de várias questões sobre as especulações dos fãs que acompanham um vídeo onde Post Malone canta e toca sem nenhum comportamento suspeito.

Depois disso, acabou por fazer mais um tweet onde garante que não quer "parecer arrogante para aqueles que mostram preocupar-se com Austin", agradecendo a bondade dessas pessoas.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.