Nasceu da vontade de dois irmãos de trazer um pouco de São Paulo para Lisboa, através das comidas típicas servidas nas padarias paulistanas.

De Belém para Benfica. A Lanchonete tem um novo espaço cheio de novidades deliciosas
De Belém para Benfica. A Lanchonete tem um novo espaço cheio de novidades deliciosas
Ver artigo

A viver em Portugal há quatro anos, Aline Ridelenski, 29 anos, e Yan Ridelenski, 25 anos, nunca esqueceram as origens e quiseram dar aos portugueses aquilo que de melhor se come no Brasil. A Padoquinha, nome derivado de Padoca (que é, como explicam os irmãos, o nome que os paulistas dão às tradicionais padarias), fica em Alvalade e pretende ser um espaço acolhedor onde todos querem (e podem) entrar — até os companheiros de quatro patas.

"Sentimos muita falta das nossas padarias tradicionais e quisemos trazer um pouco disso para Lisboa", conta à MAGG Aline Ridelenski. Abriram em abril e, no início, principalmente ao fim de semana, os clientes eram mais brasileiros, mas agora já recebem também muitos portugueses, garante a jovem. "Sentimos que as pessoas gostam também de provar coisas diferentes", diz.

O icónico pão de queijo (1,5€), o pão tradicional brasileiro (pão francês na chapa) que, apesar do nome, é o ingrediente principal das sandes do pequeno-almoço no Brasil (1,6€), os lanches de padarias paulistas, como a sandes de mortadela (7,5€) ou de pernil com queijo e molho da casa no pão francês (7,5€) são algumas das opções.

Durante semana, para os almoços a Padoquinha tem ainda como prato do dia, a típica feijoada brasileira. Para terminar as refeições, não podia faltar um doce de brigadeiro que aqui é servido em modo panqueca (6€).

A Padoquinha está aberta de terça-feira a domingo.

Morada: R. Silva e Albuquerque 29 a, 1700-330 Lisboa
Contacto: 211 649 500
E-mail: padoquinha.pt@gmail.com
Horário: Terça-feira a sexta-feira das 9h30 às 19h e sábado e domingo das 10h às 16h

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.