Lisboa recebe a primeira exposição que reúne fotografias inéditas e íntimas da família Kennedy. Ao todo são 160 imagens de John Fitzerald Kennedy, Jacqueline Kennedy e os filhos durante o mandato, selecionadas por Frédéric Lecomte-Dieu, um dos mais importantes biografistas dos Estados Unidos.

Cada imagem vai ser acompanhada de um texto explicativo em português, inglês e francês. Mas nada de aborrecido, serão textos originais, que contam histórias, muitas delas desconhecidas do grande público.

O casal participa na America's Cup em 1962. John usa as suas famosas meias de ténis que Jackie tanto odeia

Há, por exemplo, uma fotografia que mostra John F. Kennedy deitado no chão de casa com o filho. Sabemos agora que foi tirada naquele que foi o último Natal em família e que Jacqueline Kennedy começou a preparar esse evento familiar ainda em novembro. Pediu inclusive à cozinheira que fizesse os doces preferidos de John: tapioca, farófias, suflé de baunilha e compota de maçã.

Além das fotografias, a exposição conta ainda com a apresentação da única cópia do vestido de casamento de Jackie, cuja criação exigiu mais de seis meses de trabalho e quatro quilómetros de linhas.

John Kennedy com a filha Caroline ao colo, minutos antes de fazer o seu primeiro discurso enquanto presidente dos EUA

A cadeira de baloiço de John F. Kennedy também vem diretamente do museu JFK de Boston para estar exposta em Lisboa. O presidente usava esta cadeira para aliviar as dores de costas e, por isso, tinha doze exemplares, espalhados um pouco por todo o lado, inclusive na Sala Oval.

Vai ser ainda possível comprar um lenço Collector Jacqueline Kennedy, inspirado naquele que Jackie usou a 15 de setembro de 1962 quando assistiu ao America's Cup ao lado do marido (pode vê-lo na foto). A edição é limitada a 500 exemplares e a compra é feita apenas por encomenda e custa 175 euros.

Esta foto foi tirada 50 minutos antes de o presidente Kennedy ser assassinado

A exposição, uma homenagem que pretende assinalar o 55º aniversário da morte do Presidente John F. Kennedy, poderá ser visitada no Hotel Le Consulat das 9h30 às 19h30, com o preço de 8€ por pessoa, 5€ para séniores e estudantes, e entrada gratuita para crianças e adolescentes até aos 16 anos, e pessoas com mobilidade reduzida. O autor da seleção das fotografias é o responsável pelas visitas guiadas à exposição, que acontecem nos sábados de junho e julho, das 15h às 17h.

A exposição inaugura a 21 de junho e mantém-se até dia 9 de setembro.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.