Harry Styles esgotou o Altice Arena para aquele que foi o último concerto da digressão mundial Love On Tour. Os bilhetes para o espetáculo foram postos à venda em 2019 e o mesmo estava marcado para 20 de maio de 2020. Devido à pandemia da Covid-19, foi adiado para 16 de fevereiro de 2021, data em que também não aconteceu.

Foi este domingo, 31 de julho, que os fãs do cantor deliraram com um concerto que contou com a atuação de abertura da banda Wolf Alice. Conhecido por interagir bastante com os fãs e por reagir aos seus cartazes, Harry Styles não desiludiu, tendo correspondido ao pedido de um deles.

Harry Styles é o novo Shakespeare dos manuais. Fenómeno vai ser estudado num curso universitário
Harry Styles é o novo Shakespeare dos manuais. Fenómeno vai ser estudado num curso universitário
Ver artigo

"Help Me Propose!" ("Ajuda-me a fazer o pedido de casamento") estava escrito em letras pretas num cartaz situado junto à zona do palco que ficaria rodeada pelos fãs que conseguiram bilhetes para a plateia em pé. A certa altura do concerto, Styles direcionou as atenções para esse mesmo cartaz.

Harry Styles
créditos: MAGG

Importou, numa fase inicial, saber o nome do rapaz que pretendia ficar novo. Enquanto gritava "João", Harry percebia "John" ou "Jahn". Acabou por ficar "Jão", que iria pedir Mariana em casamento com a ajuda do músico britânico, interessado em saber há quanto tempo estavam juntos.

Recebeu a resposta de que namoravam há "pouco mais de um ano" e procurou a opinião dos fãs. "Que acham? Damos-lhe o microfone?", questionou, ouvindo berros, de volta. João teve acesso ao microfone do artista e começou ele próprio a cantar parte da música "Can't Help Falling In Love", de Elvis Presley, acompanhado, depois, pela namorada.

Tanto Harry como Mariana pareciam surpreendidos. No final do mini concerto para todo o Altice Arena, João ajoelhou-se e pediu a namorada em casamento, em inglês. A mesma aceitou e, já de aliança no dedo, abraçaram-se e trocaram um beijo, momento muito comemorado por quem enchia a arena — e tudo aconteceu naquele que, segundo Quim Barreiros, é "O Melhor Dia para Casar".

"Estamos aqui a celebrar o noivado do João e da Mariana", declarou Harry Styles. Outros cartazes na plateia continham pedidos para que o cantor ajudasse alguém a assumir a sua sexualidade ou até ofertas de acessórios, como chapéus. Foram vários os objetos atirados para o palco, tendo o cantor usado plumas ou até óculos de sol.

Antes do típico banho com a sua garrafa de água, Harry aproveitou para contar aos fãs qual era a sua "segunda coisa favorita em Portugal". Depois de algum suspense, ergueu, como Rafiki ergueu o pequeno Simba no "Rei Leão", um pastel de nata. "Estas coisas são incríveis", declarou, suscitando, mais uma vez, a histeria do público.

Apenas voltou a tocar-lhe perto do final do concerto, dando-lhe uma trinca. Depois de êxitos como "As It Was", "Adore You" ou "Sign of The Times", Harry Styles terminou a atuação com o tema "Kiwi" — não sem antes agradecer, múltiplas vezes, ao público, à banda e à restante equipa.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.