As joias podem até nem ser aquele presente que oferecemos ou recebemos com frequência, mas a verdade é que sempre que alguma nos chega às mãos carrega história e um significado importante. Normalmente só oferecemos peças de joalharia a pessoas muito especiais e é por isso que estas se tornam quase sempre a escolha quando chega o dia do namorados.

São jovens, empreendedores e é através das peças de joalharia que pretendem mostrar uma identidade
São jovens, empreendedores e é através das peças de joalharia que pretendem mostrar uma identidade
Ver artigo

Prestas a entrar no mês do amor, Cata Vassalo decidiu lançar pela primeira vez um coffret que junta duas peças: o Anel Zelda e as Argolas Joy. As peças em questão foram concebidas para a coleção "Feeling", lançada em 2021, e vão estar disponíveis a partir de dia 1 de fevereiro pelo valor de 65€.

"Receber uma peça de joalharia é algo que faz parte da humanidade desde há vários séculos. Um pedido de casamento é feito com um anel e depois materializado com uma aliança. As joias de família são passadas entre gerações em datas importantes: nos aniversários, no Natal, nas heranças. O ato de oferecer uma peça carrega sempre uma carga emocional forte e, consequentemente, uma mensagem de amor e de entrega, seja entre quem for", afirma Cata Vassalo em comunicado.

Cata Vassalo
Conjunto de duas peças: Anel Zelda e Argolas Joy créditos: Divulgação

Além desta coleção feita a pensar no Dia dos Namorados, a criadora conta ainda com um leque de peças ideais para oferecer a si mesma ou às pessoas que mais ama.

A pensar em todos os que gostam de apostar em peças diferentes, reunimos 25 opções de marcas portuguesas que primam pela criatividade e originalidade. Feitas em prata, ouro ou cerâmica, descubra as peças da Cata Vassalo, Joana Ribeiro Joalharia, Carolina Curado, Matilda ou Sömmer.

Percorra a galeria e descubra a joia ideal para o mês que aí vem.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.