A oitava edição dos prémios GQ Men of The Year contou, como é hábito, com estrelas internacionais (o ator norte-americano Cole Sprouse, o manequim David Gandy e o artista plástico e ativista pelos direitos humanos Ai Weiwei). Mas quem brilhou na black carpet foram as celebridades portuguesas.

A gala, novamente apresentada por João Paulo Sousa, distinguiu figuras como o atleta Diogo Ribeiro, o cientista Nuno Maulide, o treinador da seleção nacional de futsal Jorge Braz e Catarina Furtado, premiada pelo seu trabalho humanitário.

Os melhores e os piores looks da gala GQ – Men of The Year
Os melhores e os piores looks da gala GQ – Men of The Year
Ver artigo
"Fico mesmo muito lisonjeada por receber pela segunda vez um prémio que tem a ver com uma missão de vida que eu escolhi porque é exatamente onde reside a minha realização pessoal: apoiar as causas que podem mudar o mundo para que se torne num lugar mais justo e saudável para as pessoas, sobretudo as mulheres, que todos os dias são violadas nos seus direitos", escreveu a Embaixadora da Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para a População e fundadora da Associação Corações Com Coroa na rede social Instagram. 

A moda também esteve em destaque na black carpet dos GQ Men of The Year, com grande parte dos convidados a cumprir à risca o dress code, escolhendo a cor preta para os visuais. Houve exceções, como José Condessa, Marta Ferreira ou Conan Osíris, que também deslumbraram pela ousadia e estilo.

Percorra a galeria e veja os melhores looks

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.