A moda é cíclica. Se numa estação ou num ano usamos uma determinada tendência, no seguinte usamos a oposta. Cachecóis XL vs. lenços, calças skinny vs. calças boyfriend, baton vermelho vs. baton nude, botins vs. botas high knee.

Neste momento é a passagem das malas XL (ou carteiras, como se diz no Porto), para as malas XS, que é mais marcante. O que poderá ser uma má notícia para quem gosta de levar a casa às costas, e uma boa notícia para as nossas costas.

Se nas malas XL podíamos ter sempre connosco roupa extra, comida, brinquedos das crianças, maquilhagem, e outras coisas ainda menos úteis, nas XS a história é outra. Conseguir pôr o telemóvel, carteira e chaves já é um desafio. Maquilhagem, óculos de sol e coisas dos miúdos, é para esquecer.

A tiracolo, para usar à cintura ou na mão, são vários os tipos de mini-bags que já se encontram nas lojas. Coloridas, monocromáticas, às riscas, com padrões florais, acolchoadas ou em verga. As malas passam a pequenos apontamentos que ainda assim podem transformar um look.

As transparências vieram mesmo para ficar
As transparências vieram mesmo para ficar
Ver artigo

Se por um lado este tipo de mala não é prático por não ter espaço para tudo aquilo que gostávamos, por outro, tem a vantagem de ser sempre mais leve e fácil de usar, até para nos deixar as mãos livres para outras coisas. Compras, bebés ao colo, guarda-chuva ou simplesmente nada.

Juntámos as nossas mini malas preferidas a imagens de inspiração de street style, para mostrar as várias formas de adotar esta tendência.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.