Primeiro foi Kimberly, que não comia glúten nem bebia vinho e tornou o primeiro encontro romântico com um homem francês num jantar dos infernos (vale a pena ver o vídeo). Agora, na continuação da saga das primeiras impressões que não resultam lá muito bem, uma mulher britânica ficou horrorizada com a escolha de bebidas da sua companhia num jantar a dois — e tudo por causa de um copo de leite.

A história caricata foi partilhada no fórum Mumsnet, tal como nota o "Daily Mail", onde uma mulher britânica relatou um primeiro encontro com um homem que, tal como reforça a utilizadora, considerava "atraente".

Francês abandonou jantar com americana porque ela não comia glúten nem bebia álcool
Francês abandonou jantar com americana porque ela não comia glúten nem bebia álcool
Ver artigo

"Tive um primeiro encontro com um homem que conheci online, saímos para jantar. Quando lá cheguei [ao restaurante], achei-o definitivamente atraente. No entanto, quando se tratou de pedir as bebidas, pediu um copo de leite para ele", contou a britânica no fórum, atitude que descreveu como "realmente estranha".

"Honestamente, nunca me deparei com alguém que fizesse isso num restaurante e acho que é mesmo estranho", continuou a britânica, assumindo que o pedido da companhia a fez perder o interesse. No entanto, acabou por perguntar no fórum onde partilhou a história se estaria a exagerar e as opiniões dividiram-se.

Por um lado, alguns utilizadores não perceberam como é que o pedido de um copo de leite podia causar tanta repulsa, enquanto outros explicaram que o mesmo podia fazer sentido dependendo da refeição. "Talvez com caril não seja assim tão estranho, também há quem coma hambúrguer e acompanhe com batido, e tal é aceitável (...) com bife ou massa já é mais estranho", salientou outro dos utilizadores.

No entanto, há quem concorde a 100% com a mulher britânica. "É um pouco estranho. Não é propriamente a primeira escolha numa refeição para adultos" ou "é um pouco nojento e infantil" foram outros dos comentários.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.