A masturbação feminina continua a ser um tópico pouco abordado e com alguns preconceitos associados — pelo menos em comparação com a masculina, um tema tão enraizado na nossa sociedade.

Felizmente, as coisas têm mudado nos últimos tempos, e para além de ser cada vez mais normal (e só peca por ter demorado tanto) o assunto surgir em conversa, as marcas estão cada vez mais investidas em criar produtos dedicados às mulheres e com o objetivo de lhes proporcionar o máximo de prazer — seja sozinhas ou para apimentar a relação a dois.

Porque é que as mulheres ainda se masturbam menos do que os homens?
Porque é que as mulheres ainda se masturbam menos do que os homens?
Ver artigo

Exemplo disso é o novo Sona 2 Cruise, um dispositivo de massagem de clitóris que se segue ao Sona, o produto original que revolucionou o mercado e se tornou num dos mais vendidos da LELO, a marca sueca de brinquedos eróticos, que sempre teve como uma das suas bandeiras criar produtos para as mulheres e desmistificar a masturbação feminina.

Mas como é que chegamos ao tal novo e ousado orgasmo?

De acordo com a LELO, este novo dispositivo de prazer "foi concebido tendo em conta que o clítoris tem 8.500 terminações nervosas e é o único órgão cuja finalidade exclusiva é proporcionar prazer". Apesar disso, continua a marca, "existiam poucos brinquedos desenvolvidos tendo apenas em mente esta parte da anatomia feminina".

Com o novo Sona 2 Cruise, o objetivo foi aperfeiçoar ainda mais o conceito da versão original. Tendo o clítoris como protagonista principal, este brinquedo funciona através de ondas sónicas que são transmitidas desde a parte externa do órgão até à sua raiz, proporcionando orgasmos intensos às suas utilizadoras.

Estas ondas sónicas não só dão prazer à parte visível do clítoris, mas também a 75% da parte interna deste órgão, "algo sem precedentes e revolucionário até à data", garante a marca em comunicado a propósito deste lançamento. "Muitas mulheres pensam que o clítoris é apenas o que se pode ver, não sabem que tem uma parte interna. Algumas, de facto, não sabem que se estende até cerca de 12 centímetros, até comprarem ou lhes oferecerem um SONA. Isto é a prova de que os brinquedos sexuais não só proporcionam prazer, mas também permitem, a que os usa, conhecer melhor o seu próprio corpo", reforça Adriana Di Ippolito, responsável da LELO Portugal.

Sona 2 cruise, Lelo
O novo Sona 2 Cruise está à venda por 139€.

Depois do sucesso do seu antecessor, a nova versão do Sona chega com um novo design e diferentes características. Entre as principais novidades está o aumento da gama de ondas sónicas, passando de oito padrões para 12. O Sona 2 Cruise oferece quatro novos níveis de intensidade abaixo dos níveis do item anterior, permitindo levar a potência de menos para mais. Além disso, este modelo tem uma boca mais macia, profunda, larga e lisa para uma satisfação completa, mesmo debaixo de água — podendo assim ser levado para o duche ou para a banheira.

O aparelho está coberto de silicone de primeira qualidade, ultra suave ao toque. A duração da sua bateria é duplicada, assegurando mais de 200 orgasmos por carga, e a tecnologia Cruise Control (não, não estamos a falar da dos carros) permite reservar 20% da potência total do brinquedo durante a utilização normal.

Assim, "quando se pressiona com força sobre o corpo e o motor reduz a intensidade, o Cruise Control libertará a potência reservada para que nada se interponha no caminho de um orgasmo impressionante", diz a marca sueca em comunicado, eliminando com esta nova função uma das queixas mais comuns sobre este tipo de produtos. 

O novo Sona 2 Cruise da LELO está à venda no site da marca por 139€.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.