Com o apoio científico da Sociedade Portuguesa de Contraceção (SPDC), a empresa Gedeon Richter realizou o estudo "NEST-C-Novidades Epidemiológicas Sobre Tendências em Contraceção" que comprova que a pílula continua a ser o método contraceptivo mais utilizado em Portugal com 70%.

De acordo com os resultados, as mulheres realçam que as principais vantagens atribuídas à pílula são a eficácia e a fácil toma. Relativamente aos atributos extra contracetivos, aponta-se que 64% das mulheres destacam o controlo do ciclo menstrual e 52% salientam os benefícios para a pele.

Em ano de pandemia, farmácias venderam menos pílulas do dia seguinte. Descubra porquê
Em ano de pandemia, farmácias venderam menos pílulas do dia seguinte. Descubra porquê
Ver artigo

Porém, o estudo revela também novas preocupações por parte das mulheres em relação ao meio ambiente — 28% das mulheres já ouviram falar sobre o impacto negativo das hormonas nos ecossistemas naturais, sendo que 35% destas mulheres são as mais jovens (entre os 15 e os 19 anos).

O estudo foi desenvolvido em maio de 2021 e contou com a participação de 1508 mulheres — 46% com filhos; 22% da zona Centro; 38% do Norte e 29% da Área Metropolitana de Lisboa; 7% do Alentejo e 4% do Algarve.

A Gedeon Richter Plc. é uma empresa farmacêutica sediada na Europa Central e Oriental, com uma presença direta e em expansão na Europa Ocidental, China e América Latina. Com a sua experiência amplamente reconhecida na área dos esteroides, a empresa assume uma posição importante na área da Saúde da Mulher em todo mundo.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.