A SIC viveu duas vida: a.C. e  c.C., antes de Cristina e com Cristina. Hoje começa a terceira vida: d.C., depois de Cristina. E começa logo com uma manhã preenchida com um formato que se tornou rapidamente líder de audiências, que esmagou a concorrência durante meses, e que foi construído à medida de Cristina Ferreira, a pensar em Cristina Ferreira. Tal como a MAGG noticiou em primeira-mão, o nome do programa foi o primeiro a ser alterado. Mas também na decoração houve mexidas.

"Foi um fim de semana inteiro a trabalhar. Houve gente que quase nem dormiu", explicou à MAGG fonte próxima do canal de Carnaxide. "Não vão ser mudanças profundas, até porque não havia tempo para isso, mas coisas ligeiras. No entanto, percebe-se que não é a mesma casa". 

A questão do cenário do "Programa de Cristina" não é um problema unicamente técnico e decorativo. Houve um investimento milionário para que fosse tal como a casa da apresentadora, incluindo as sete divisões que possui. Há ainda a questão do patrocínio da IKEA, que foi "vendido" com a premissa de que seria Cristina Ferreira a anfitriã do programa, e que agora foi quebrada, e que poderá levar mesmo a um conflito entre a marca e o canal dirigido por Daniel Oliveira.

Negociações entre Cristina Ferreira e TVI começaram há um mês por insatisfação com a SIC
Negociações entre Cristina Ferreira e TVI começaram há um mês por insatisfação com a SIC
Ver artigo

A liderar a nova "Casa Feliz" — assim se passará a chamar o programa das manhãs da SIC — vão estar João Baião e, garantem vários jornais e revistas, Diana Chaves, uma aposta de Daniel Oliveira, que pode até ter continuidade no novo formato a implementar após a reentré, no final de setembro. De acordo com o "Correio da Manhã", Diana Chaves estava de férias no Algarve e teve de interromper as mesmas para prosseguir com ensaios de emergência e começar esta segunda-feira, 20 de julho, as manhãs na SIC ao lado de João Baião. Ao longo da semana, a dupla vai receber vários rostos da SIC, para tentar dar impulso às audiências do novo formato, revela o jornal.

Daniel Oliveira reage à saída de Cristina Ferreira: "Passa a ser a nossa concorrente direta"
Daniel Oliveira reage à saída de Cristina Ferreira: "Passa a ser a nossa concorrente direta"
Ver artigo

Cristina Ferreira deverá agora receber no regresso à TVI quase três milhões de euros anuais — com o valor estipulado nos 2.6 milhões de euros brutos por ano.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.